O diálogo com os associados assume o pilar dos pilares da intervenção da associação junto do mercado. Naturalmente, as questões trazidas pela aplicação do RSECE e do Decreto-Lei n.º 152/2005, suas consequências e exigências para os técnicos e empresas do Sector constituem, a par daquelas relacionadas com os alvarás nos tempos que correm, o grosso das preocupações e por isso das solicitações que vamos recebendo.

Habitualmente, os contactos são estabelecidos via telefone, e-mail, mas também, por contacto pessoal no Departamento. Por outro lado, tem-se verificado um crescimento efectivo do número de associados, e em particular no segmento da Instalação e Manutenção Técnica de equipamentos, sistemas e instalações. Por essa razão, em Junho, reforçou-se a estrutura do Departamento Técnico com a admissão de um engenheiro vocacionado especificamente para os temas e preocupações dominantes dos instaladores. Redinamizou-se a Comissão de Instaladores, que mensalmente tem reunido e discutido as questões relacionadas com o seu segmento.

Com esse balanceamento inaugurámos em Outubro o Gabinete de Atendimento ao Associado na cidade do Porto que possibilita que toda a 1ª terça-feira de cada mês os nossos associados na zona Norte possam apresentar pessoalmente os temas e preocupações que carecem de resolução. Ontem, mais uma vez o Eng. Dias Caetano aguardou pelos associados mas, ao contrário das sessões anteriores, não houve um único associado que aproveitasse este serviço... Facto estranho perante certos comentários que nos chegam, por vezes, relativamente à disponibilidade e capacidade de cobertura regional da Associação.

Bom, mas no dia 6 de Janeiro, lá estará novamente o Eng. Dias Caetano, independentemente do agendamento prévio ou não. À APIRAC compete dinamizar, mas a união entre instaladores para a defesa dos seus direitos e deveres depende efectivamente de uma resposta cada vez mais pronta e eficaz por parte das empresas... ou não fosse essa a razão de ser de um movimento associativo.

    Nuno Roque
Secretário-Geral | APIRAC
     
   
   

Fabricantes de automóveis obrigados a reduzir CO2

     
 

Depois de vários meses de negociação entre os 27 Estados-Membros da União Europeia, o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia, foi estabelecido um acordo que obriga os fabricantes de automóveis a reduzirem as emissões de dióxico de carbono (CO2) das viaturas novas até 2012. O acordo prevê multas para quem não cumprir os termos definidos que passam pela redução da média de emissões de dióxico de carbono para 130 gramas por quilómetro em todas as viaturas vendidas em território europeu. Actualmente, a média é de 159 gramas por quilómetro.

Os construtores que não cumprirem os termos do acordo ficam sujeitos a penalizações que serão progressivas, ou seja, mediante os gramas ultrapassados à média estabelecida.

Por exemplo, o construtor irá pagar 95 euros/veículos caso o desvio seja superior a três gramas.

   
   

Portugal atinge mais de 8 mil MW de potência instalada renovável

     
 

A Direcção-Geral de Energia e Geologia indicou que Portugal atingiu no final do passado mês de Setembro uma potência de energia renovável instalada de 8 031 megawatts (MW). De acordo com a mesma fonte, verificou-se um aumento da capacidade eólica no mês em análise (Setembro), em comparação com Agosto, devido à entrada em funcionamento de dois novos parques eólicos.

Por outro lado, a produção total de energia eléctrica a partir de fontes renováveis registou uma quebra de 5% no terceiro trimestre, em consequência da quebra de 16% da produção híbrida.

Por sua vez, a produção eólica subiu 9% no mesmo trimestre, face a igual período de 2007.

A mesma entidade explica que a produção de energia eléctrica a partir de fontes renováveis está concentrada no Norte do país, principalmente nos distritos de Viana do Castelo, Bragança, Coimbra, Braga e Vila Real.

   
   

Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior para Mundicenter

     
 

O Amoreiras Shopping Center e o Oeiras Parque são alguns dos centros comerciais do grupo Mundicenter que estão na fase final de avaliação para receberem a primeira Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior. Depois de finalizadas as auditorias, os centros comerciais Mundicenter poderão tornar-se pioneiros e obter a primeira Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior prevista pelo novo regulamento de Abril de 2006.

Para além destes dois centros comerciais, o grupo detém ainda o Braga Parque, Odivelas Parque, Ampus São João, Arena Shopping e Amoreiras Square, cuja certificação será igualmente das primeiras em Portugal.

De acordo com a legislação, estas medidas visam classificar os edifícios quanto ao seu desempenho Térmico e à caracterização da Qualidade do Ar Interior (nos edifícios com área superior a 1000m2).

   
   

Comissão Nacional de Protecção de Dados "chumba" projecto "chips" das matrículas

     

 

A Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) divulgou no passado dia 27 de Novembro, o parecer sobre os projectos de três decretos-lei relativos à criação de um dispositivo electrónico de matrícula, vulgarmente designado por chip, a instalar em todas as viaturas.

Nas conclusões do parecer, a CNPC refere que a nova legislação deve "permitir que os condutores possam optar, com todas as garantias, entre o pagamento das portagens através de um sistema electrónico de leitura das matrículas e a sua cobrança através de outros meios já existentes".

Segundo a CNPD, a "detecção e identificação electrónica dos veículos não pode transformar-se numa forma sofisticada de vigilância física, que cai fora dos fins permitidos pela lei e contraria o direito à privacidade dos condutores dos veículos".

Assim, a Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) considerou que não está garantido o direito à privacidade dos condutores na proposta de lei para tornar obrigatória a instalação de um dispositivo electrónico nas matrículas dos veículos motorizados, num parecer que compromete o objectivo do Governo de avançar com o novo sistema já no início de 2009."

     
   
    10 Melhores Práticas Empresarias
     
 

Como é do conhecimento de todos, a APIRAC ao longo destes anos tem dado apoio a várias empresas através do Programa REDE do IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional.

É com enorme satisfação que informamos que a empresa RICAM – Construções, LDA, empresa apoiada no ano de 2007, pelo nosso Consultor Formador Eng.º Moreira Dias, foi distinguida com o prémio “Melhores Práticas Empresarias de 2007”, pelo qual recebeu um Diploma do Programa REDE.

     
   
     
     
    Inscreva-se Já!

» LISBOA
Isabel Fonseca
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 

     
   
    Banco Português de Negócios
     
   

Lei nº 62-A/2008, de 11 de Novembro (1º supl.) - Nacionaliza todas as acções representativas do capital social do Banco Português de Negócios, S.A., e aprova o regime jurídico de aproprieção pública por via de nacionalização

   
   

Segurança contra incêndios em edifícios

     
   

Decreto-Lei nº 220/2008, de 12 de Novembro - Estabelece o regime jurídico da segurança contra incêndios em edifícios.

   
   

Ambiente - Emissões de sistemas de ar condicionado

     
   

Decreto-Lei nº 205/2008, de 16 de Outubro - Transpõe parcialmente para a ordem jurídica interna a Directiva nº 2006/40/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 17 de Maio, na parte que se refere às emissões provenientes de sistemas de ar condicionado, estabelecendo os requisitos para a homologação CE ou a homologação nacional de automóveis relativos às emissões provenientes de sistemas de ar condicionado, bem como disposições sobre a montagem a posteriori e o reenchimento desses sistemas.

   
    Divórcio
     
   

Lei nº 61/2008 (1), de 31 de Outubro - Altera o regime jurídico do divórcio.

     
   
    CLIMAMED 2009
    LISBOA | 16, 17 e 18 de Abril
 

5ª edição do Congresso Mediterrânico de Climatização, 17-19 de Abril 2009, em Lisboa.

Destinado aos técnicos de AVAC&R portugueses e de todos os países de clima mediterrânico, na sua 5ª edição, será mais uma vez o fórum europeu de troca de informação e discussão de toda a problemática comum relacionada com o sector.

Visite o site www.climamed.com

Contactos:
tecnico@apirac.pt - Engº L. Fonseca e Silva
comunicacao-imagem@apirac.pt - Designer Sofia Sequeira
www.apirac.pt | www.climamed.com
+351 213 224 260

     
   
   

Novas Tecnologias e Soluções ambientais ao serviço da indústria - Seminário

    LISBOA | 4 de Dezembro
 

A APEMETA - Associação Portuguesa de Empresas de Tecnologias Ambientais, vai realizar amanhã dia 04 de Dezembro, na APA - Agência Portuguesa do Ambiente, um seminário sobre as Novas Tecnologias e Soluções ambientais ao serviço dsa indústria.

Contactos:
APEMETA
Fax +351 217 506 009
E-mail: comunicacao.imagem@apemeta.pt