video
   
 

A APIRAC vem prosseguindo uma atitude de aproximação aos Associados, no sentido de encontrar respostas às dificuldades de funcionamento do nosso Sector, quer de ordem técnica e comercial quer nos seus aspectos de ordem administrativa, jurídica e de gestão. Esta atitude de aproximação sente-se que é recíproca, o que leva a que se crie um ambiente de entusiasmo entre todos os intervenientes na resolução dos problemas daquela natureza, o que é um sinal positivo de resposta às vicissitudes do nosso tempo, nos planos económico e financeiro.

Tomemos, como exemplo, o trabalho desenvolvido no seio da Comissão de Instaladores, pilar fundamental do funcionamento da Associação, que, ao longo de uma dezena de reuniões, no período de 2008/2009, vem abordando temas de interesse comum à actividade da comercialização e sobretudo de instalação, de que salientamos a problemática da aplicação do Código de Contratação Pública (Decreto-Lei n.º 18/2008).

No âmbito desse trabalho, têm vindo a ser implementados diversos documentos de apoio à actividade dos nossos Associados, de que são exemplo os Guias para Associados, que são a concretização do dinamismo e de um trabalho de fundo das Comissões técnicas. Estes Guias têm um carácter não só técnico mas também de enquadramento jurídico, constituindo-se como instrumentos de aplicação à resolução dos mecanismos de funcionamento do nosso mercado de AVAC&R, de grande utilidade aos nossos Associados, sobretudo instaladores. Damos alguns exemplos:

  • Garantia Técnica de equipamentos e instalações;

  • Garantias Bancárias de boa execução, sobretudo no aspecto relacionado com a sua caducidade, com o estabelecimento de um prazo, não deixando a sua validade ao arbítrio do critério de decisão do beneficiário (leia-se “empreiteiro geral” ou “cliente final”), arrastando por vezes a sua permanência interminável, só porque, por exemplo, a empresa beneficiária já não existe, para não falar em avaliações de carácter de prepotência, que “amarram” o instalador a uma garantia vitalícia, de encargos intermináveis e sem razão nenhuma da sua existência;

  • Contratos de Empreitada, nas suas diversas vertentes, que à luz da nova legislação mergulham o instalador num emaranhado de obrigações e com muito poucas vantagens, sobretudo no que se relaciona com as obrigações de bom pagamento por parte do cliente (tanto em entidades públicas como privadas). A Comissão de Instaladores, conjuntamente com o Departamento Jurídico, desenvolveu um modelo de Contrato de Empreitada para Obra públicas e para Obras Particulares;

  • Projecto e a extensão do seu desenvolvimento, obrigações do projectista e grau de desenvolvimento de um projecto, erros e omissões de projecto. A Portaria Nº 701H. Aspectos principais a ter em atenção pelos instaladores nestes aspectos;

  • Reembolso do IVA, inquérito às empresas acerca do atraso nos reembolsos e participação à DGCI da preocupação das empresas Associadas com reembolso em atraso;

A Manutenção de instalações e equipamentos, à luz da legislação, desenvolvimento de contratos tipo de manutenção correctiva e curativa, nos seus aspectos administrativos, técnicos e jurídicos, é a próxima etapa de desenvolvimento dos trabalhos da Comissão;

Finalmente realça-se a consciencialização dos nossos Associados e a sua preocupação crescente em acompanhar a evolução do sector, em todos os seus aspectos, o que nos motiva sobremaneira a prosseguirmos o caminho do rigor e da resolução dos problemas que se colocam à nossa actividade, que hoje em dia é reconhecida como de grande importância para a economia do nosso país e para a saúde pública.

    José Dias Caetano
Depto. Técnico| APIRAC
     
   
   

Fabricantes de Condutas e Equipamentos de Ventilação

    Novo Grupo de Trabalho
 

Realizou-se em 2 de Junho de 2009 na Sede da APIRAC em Lisboa uma primeira reunião de empresas fabricantes de condutas e equipamentos de ventilação para AVAC. Foi convocada com a finalidade de se auscultar do interesse em se unirem num grupo de trabalho que ajude a estruturar soluções que possibilitem fazer-se frente a situações que se têm vindo a revelar prejudiciais para a sua actividade.

Com franca e aberta receptividade das empresas associadas e não associadas da APIRAC contactadas, abordados e discutidos os temas oportunamente transmitidos na convocatória, foi decidido avançar-se de imediato com a elaboração (a concluir até Outubro próximo) de duas Recomendações, eventualmente e em fase posterior, a ascenderem a NP, Norma Portuguesa, disciplinadoras para alguns aspectos técnicos e para determinados modos de actuação das empresas no mercado actual. Decidido ainda, passar a incluir-se na Recolha de Dados Estatísticos de Vendas, elementos referentes a condutas de secção rectangular e circular fabricadas e vendidas em Portugal.

Congratulamo-nos com as perspectivas delineadas e com a boa vontade encontrada em todos os presentes.

Na foto, a partir da esquerda, os técnicos das empresas Sandometal (Carvalho Torres), Iapac (Mónica Aroso), Euroar (Vitor Martins), Faclima (Gomes Rosa), Os Netos do Simão (José Machado), Condutar (Carlos Machado), Eurospiro (Firmino Santos) e Serventil (José Piteira).

   
   

II Fórum para as Alterações Climáticas em Lisboa

     
 

Decorreu no passado dia 20 de Maio, no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações em Lisboa, a segunda reunião do Fórum para as Alterações Climáticas, segunda reunião da Comissão Interministerial para as Alterações Climáticas (CAC) aberta à sociedade civil, onde a Apirac também esteve presente.

Este Fórum é uma de várias formas de partilha do conhecimento com a sociedade civil no âmbito da estratégia de combate às alterações climáticas, uma vez que o combate a este problema depende da consciência, do comportamento e da actuação de todos.

Foram debatidos temas como o Sistema de Previsão do Cumprimento do Protocolo de Quioto e apresentadas as Bases para a Estratégia Nacional para Adaptação às Alterações Climáticas. Sabido como na Europa, Portugal terá de enfrentar mudanças climáticas maiores e mais gravosas que muitos outros países revestiu-se de extrema acuidade e interesse tudo o que sobre este tema foi apresentado.

   
   

Dia Mundial do Ambiente – 05 de Junho

     
 

Celebra-se na próxima Sexta-Feira, 05 de Junho, o 37º dia Mundial do Ambiente. Apesar de todos os dias serem dias do Ambiente, é neste dia que o mundo inteiro pára para pensar no que se pode fazer para o preservar.

Este dia foi celebrado pela primeira vez em 1972, na Suécia, para consciencializar os cidadãos da importância da preservação do Ambiente. Altura em que passou a ser considerado pela Conferência das Nações Unidas, como o maior evento realizado em prol do Meio Ambiente Mundial. A partir dessa altura diversos países em todo o mundo passaram a celebrar esta importante data como forma de consciencialização e educação ambiental das pessoas.

   
   

Torres Vedras investe em projectos de energia e construção sustentáveis

     
 

Com o objectivo de tornar o concelho mais competitivo, a câmara de Torres Vedras anunciou um conjunto de projectos nas áreas da energia e construção sustentáveis a serem concretizados até 2010. O investimento vai permitir criar, um Centro de Investigação Tecnológica para o estudo de soluções que permitam usar as várias fontes de energia renovável (solar, ondas, hidrogénio, eólica e biomassa) e dois centros para experimentação e demonstração de resultados na área das energias alternativas.

Entre outros projectos muito interessantes nas áreas das energias e construções sustentáveis, na praia de Santa Cruz, o tradicional comboio turístico, um meio de transporte a diesel que no Verão percorre as praias vai passar a mover-se através de luz solar ou hidrogénio para deixar de ser poluente, já foi também inaugurado um sistema de micro-geração no mercado municipal de Santa Cruz, com a instalação de 20 painéis fotovoltaicos, capazes de gerar energia suficiente para abastecer parte do edifício.

Foi com o apoio da autarquia de Torres Vedras, que se tornou possível avançar com a execução dos projectos e, em conjunto com empresas e universidades, terem a oportunidade de porem em práctica estas novas soluções tecnológicas.

O vereador do Ambiente, Carlos Bernardes, disse que "estes projectos pretendem ser uma alavanca para tornar Torres Vedras um território mais competitivo, gerar riqueza e emprego qualificado".

   
   

Porto celebra semana da Energia e do Ambiente

     
 

Está a decorrer do Porto, desde o passado dia 29 até 5 de Junho a «Semana da Energia e do Ambiente», uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal do Porto e pela Agência de Energia da cidade. A Câmara Municipal do Porto e a Agência de Energia do Porto, pelo segundo ano consecutivo, promovem a «Semana da Energia e do Ambiente», programa que integra o Dia Nacional da Energia, (29 de Maio) e o Dia Mundial do Ambiente (5 de Junho).

A iniciativa promete várias actividades dirigidas a diversos públicos. Os mais pequenos poderão participar nas visitas à Casa Termicamente Optimizada e nas várias oficinas lúdico -pedagógicas que decorrem durante toda a semana. No decorrer desta iniciativa estão contemplados ainda, seminários sobre «O Gás Natural e a Sustentabilidade», e «A Sustentabilidade e as Cidades - O Papel das Organizações».

   
    Novos Associados
     
   

Só desta forma podemos crescer, evoluir e cada vez mais contribuir para a afirmação deste Sector.

Este mês temos o prazer de receber no nosso directório as seguintes empresas:

• ALFRIGO - Comércio de Equipamento Hoteleiro, Lda
• KTL - Construções S.A.
• V. B. CLIMA, Lda
• ELECTRO ENERSOL - Soc. de Equipamentos de Economia de Energia, Lda

     
   
    Sistema Aprendizagem - Novos Cursos
   

APIEF - Formação Qualificante para Jovens

   

A formação profissional é um das respostas mais eficazes para um vasto conjunto de questões que se levantam hoje em dia num contexto de crise generalizada, não só no plano económico mas também no plano social. A busca de habilitações relevantes para o mercado de trabalho e uma proposta profissional gratificante para os jovens encontra, neste tipo de formação, um espaço que deve ser valorizado.

A APIEF está consciente deste contexto, desenvolvendo acções profissionais especializadas nas áreas da energia, climatização, refrigeração e ambiente. Sendo uma entidade originada no tecido empresarial e profissional da área, é certificada pela DGERT e dispõe de instalações adequadamente apetrechadas para este tipo de formação, tecnologicamente exigente.

Estamos certos do interesse que estes cursos, pela sua potencialidade de empregabilidade futura, actualidade e conteúdo tecnológico despertarão junto de jovens com o 9º ano e idades entre os 15 e os 25 anos, constituindo projectos de formação profissional à medida para necessidades específicas da comunidade e contribuindo para o seu desenvolvimento sustentado.



   
     

» LISBOA
Isabel Fonseca
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 


Inscreva-se Já!



     
   
   

Conhece os novos fluidos, os HFO?

     
 

As empresas DuPont e Honeywell divulgaram recentemente em comunicado, na Europa e nos Estados Unidos, o avanço dos estudos relativos ao desenvolvimento de um novo composto, HFO-1234yf (hidrofluoro-olefina). Segundo aquelas empresas trata-se de um potencial substituto para o HFC fluido frigorigéneo R134a hoje cada vez mais utilizado em ar condicionado automóvel. Estas empresas têm estado a trabalhar directamente com fabricantes de automóveis para testarem aspectos ligados à segurança, ao impacte ambiental e rendimento.

Os estudos até agora realizados informaram que o novo composto apresenta baixo GWP (potencial de aquecimento global), o que para fazer face às previsões de aquecimento global para o planeta, é excelente! Os fabricantes de automóveis de todo o mundo acompanham atentos os estudos em torno do HFO-1234yf, que se tem revelado altamente eficiente em termos de energia, de baixa toxicidade e potencialmente adequado aos sistemas móveis de ar condicionado actualmente existentes no mercado. O objectivo das companhias é introduzir o HFO-1234yf no mercado, uma vez confirmadas as propriedades do composto, antes de 2011. Comparado com o CO2, este novo fluido apresenta maior eficiência energética e valores de GWP bem inferiores aos exigidos actualmente pela legislação em vigor.

De acordo com Directiva Europeia, todos os veículos fabricados a partir de 2011 terão de conter nos seus sistemas de ar condicionado fluido frigorigéneo com GWP inferior a 150. O HFC-134a tem GWP=1430 e o HFO-1234yf, imagine, tem GWP=4.

Este fluido é considerado muito eficiente, o que significa que os automóveis equipados com sistemas utilizando o HFO-1234yf gastarão menos combustível e emitirão assim menos gases com efeito estufa para a atmosfera.

Se quer saber mais sobre este assunto sugerimos-lhe que explore o site
www.1234facts.com

     
   
    Datas para pagamento de impostos
     
   

     
   
    Fundo Autónomo de Apoio à Concentração e Consolidação
     
   

Decreto-Lei nº 105/2009(1), de 12 de Maio - Cria o Fundo Autónomo de Apoio à Concentração e Consolidação de Empresas (FACCE).

   
   

Fundo Imobiliário Especial de Apoio às Empresas

     
   

Decreto-Lei nº 104/2009, de 12 de Maio - Cria o Fundo Imobiliário Especial de Apoio às Empresas (FIEAE).

   
   

Madeira - Construção e habitação - Preço por m2

     
   

Decreto Regulamentar Regional nº 5/2009/M, de 7 de Maio - Fixa o valor do metro quadrado de construção para o ano de 2009.

   
   

Código da Estrada - Inconstitucionalidade

     
   

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 135/2009, de 4 de Maio - Declara, com força obrigatória geral, a inconstitucionalidade da norma constante do artigo 175.º, nº 4, do Código da Estrada, aprovado pelo DL nº 114/94, de 3 de Maio, na redacção dada pelo DL nº 44/2005, de 23 de Fevereiro, interpretada no sentido de que, paga voluntariamente a coima, ao arguido não é consentido, na fase de impugnação judicial da decisão administrativa que aplicou a sanção acessória de inibição de conduzir, discutir a existência da infracção.

   
   

Sociedades - Fusões transfronteiriças

     
   

Lei n.º 19/2009, de 12 de Maio - Altera o Código das Sociedades Comerciais e o Código do Registo Comercial, transpondo para a ordem jurídica interna as Directivas n.os 2005/56/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 26 de Outubro, relativa às fusões transfronteiriças das sociedades de responsabilidade limitada, e 2007/63/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 13 de Novembro, que altera as Directivas n.os 78/855/CEE e 82/891/CEE, do Conselho, no que respeita à exigência de um relatório de peritos independentes aquando da fusão ou da cisão de sociedades anónimas, e estabelece o regime aplicável à participação dos trabalhadores na sociedade resultante da fusão.

   
   

Código de Insolvência - Inconstitucionalidade

     
   

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 173/2009, de 4 de Maio - Declara, com força obrigatória geral, a inconstitucionalidade do artigo 189.º, nº 2, alínea b), do Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas, aprovado pelo DL nº 53/2004, de 18 de Março, na medida em que impõe que o juiz, na sentença que qualifique a insolvência como culposa, decrete a inabilitação do administrador da sociedade comercial declarada insolvente.

   
   

Comunicações Electrónicas

     
   

Portaria n.º 469/2009, de 6 de Maio - Estabelece os termos das condições técnicas e de segurança em que se processa a comunicação electrónica para efeitos de transmissão de dados de tráfego e de localização relativos a pessoas singulares e a pessoas colectivas, bem como dos dados conexos necessários para identificar o assinante ou o utilizador registado.

   
   

Desemprego - protecção da habitação - linha de crédito

     
   

Decreto-Lei nº 103/2009, de 12 de Maio - Cria uma linha de crédito extraordinária destinada à protecção de habitação própria permanente em situação de desemprego.

     
   
    Casa Eficiente NGC by EDP
    LISBOA |29 de Maio a 05 de Junho
 

A "Casa Eficiente NGC by EDP" visa divulgar e promover a eficiência energética e outras medidas ecológicas que, passando da consciência à acção, podem transformar Portugal e o Planeta Terra num país/mundo mais sustentável.

Os visitantes poderão visitar todas as divisões da casa e desvendar as sugestões que ajudam não só a preservar o Planeta Terra, bem como soluções para reduzir custos energéticos em sua casa.

Não perca a oportunidade de visitar esta Casa Eficiente gratuitamente entre os dias 29 de Maio até 05 de Junho, junto ao Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva, no Parque das Nações em Lisboa.

   
    Ambinergia 2009
    PORTO |04 a 07 de Junho
 

No seguimento do Dia Nacional da Energia (29 Maio) e integrado no Dia Mundial do Ambiente (05 Junho), decorrerá de 04 a 07 de Junho na Exponor - Feira Internacional do Porto, a AMBINERGIA – Feira Internacional de Ambiente, Energia e Sustentabilidade. Esta iniciativa pretende abordar de forma integrada as temáticas do Ambiente e da Energia como suportes às estratégias de Sustentabilidade que as empresas e entidades devem seguir, para melhor responderem aos desafios competitivos do futuro.

A relevância dos temas abordados e a sua importância estratégica foram determinantes para que um conjunto de entidades se tivesse associado, no apoio a esta iniciativa através da constituição de uma Comissão Organizadora: APA – Agência Portuguesa do Ambiente, ADENE – Agência para a Energia, AdEPorto – Agência de Energia do Porto, BCSD – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável e APCER – Associação Portuguesa para a Certificação.

   
    TECNOFIL 2009
    LISBOA |17 a 21 de Junho
 

A TECNOFIL 09 - Feira Internacional das Indústrias, Tecnologia e Inovação, terá lugar em Lisboa, na FIL - Parque das Nações durante os dias 17-18-19-20 e 21 entre as 10H00 e as 20H00.

Um certame exclusivamente profissional, de periodicidade bienal e que se pretende seja a feira de referência para todas as áreas da Industria: Produtos, Equipamentos, Serviços, Inovações Técnicas e Know-How.

Composta por três Salões que de forma integrada disponibilizam todas as soluções para a Indústria, em articulação com as 4as Jornadas de Inovação:

AMBIURBE - Salão Internacional do Ambiente e da Sustentabilidade

ENDIEL 09 - Encontro para o Desenvolvimento do Sector Eléctrico e Electrónico (Organizado com a ANIMEE - Assoc. Portuguesa das Empresas do Sector Eléctrico e  Electrónico)

SINOTEC - Salão Internacional de Inovação e Tecnologias para a Indústria

A APIRAC tem um Protocolo de Participação Gratuita para os Nossos Associados com os Organizadores da Feira, neste sentido para os Associados interessados, deverão solicitar junto da Associação o vosso Convite Electrónico.

Contactos:
APIRAC - Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado | Lisboa
Tel.: +351 213 224 260 | comunicacao-imagem@apirac.pt

   
    SINERCLIMA 2010
    EXPOSALÃO |18-19-20-21 de Fevereiro'10
 

A APIRAC já está a preparar a terceira edição da Grande Feira do Sector de Refrigeração, Climatização, Qualidade do Ar Interior, do Ar Condicionado e Energias Renováveis a SINERCLIMA 2010.

Novamente na Exposalão Batalha, durante quatro dias, onde certamente encontrará bons contactos, novidades, parcerias de negócios e profissionais da área.

Não perca esta oportunidade, tanto como expositor, como visitante, renove contactos e crie ambiente aos bons negócios. Agende a sua presença na SINERCLIMA.

Contactos:
APIRAC - Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado | Lisboa
Tel.: +351 213 224 260 | comunicacao-imagem@apirac.pt

EXPOSALÃO - Centro de Negócios | Batalha
catarinaalves@exposalao.pt | rogeriohenriques@exposalao.pt