Conforme devidamente anunciado, realizar-se-á no próximo dia 31 do corrente mês de Março a Assembleia-Geral ordinária de associados.

A Assembleia-Geral que terá como ponto central da ordem de trabalhos a apresentação do Relatório de Gestão e Contas do Exercício Económico de 2009, foi convocada para as 18H00 no SANA Lisboa Hotel, na Avenida Fontes Pereira de Melo, junto ao Marquês de Pombal, em Lisboa.

Pese embora a coexistência anual com outras realizações de grande significado, exemplos da SINERCLIMA este ano e do CLIMAMED em 2009, este é naturalmente o encontro por excelência entre todos aqueles que a Associação promove anualmente. Embora o contacto com os Associados seja permanente, quer no acompanhamento corrente aos assuntos em curso por via directa junto dos serviços ou por via das newsletters e circulares quer nas diversas acções, sejam sessões de esclarecimento, sejam colóquios, seminários ou congressos, é na Assembleia-Geral que o Associado assume de pleno direito a sua condição questionando, propondo e votando sobre os assuntos em agenda.

Daí que uma participação efectiva traduz o envolvimento dos Associados na vida da Associação e dá corpo aos projectos associativos.

Tendo em conta o local e horário definido, decidiu a Direcção da APIRAC convidar todos os associados que pretendam participar na Assembleia-Geral para um jantar convívio que se realizará no mesmo local a partir das 20H30.

A participação no jantar é gratuita, mas obrigatoriamente sujeita a confirmação pelos interessados até 3 dias antes, 29 de Março, junto dos serviços da Associação.

    Nuno Roque
Secretário-Geral | APIRAC
     
   
   

Iniciativa Emprego 2010 

   

 

 

A Iniciativa Emprego 2010, aprovada pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 5/2010, integra um conjunto de medidas que visam, no contexto particular da crise económica internacional e da situação do mercado de trabalho, estimular a criação de emprego e promover a inserção profissional de desempregados.

Orientadas para promover e apoiar a manutenção do emprego, a inserção de jovens no mercado de trabalho, a criação de emprego e o combate ao desemprego, destacam-se, de entre as 17 medidas que integram esta Iniciativa, os instrumentos de apoio à manutenção do emprego e redução da precariedade, apoio à contratação de trabalhadores, apoio à inserção profissional de jovens, apoio à inserção profissional de públicos particularmente vulneráveis e, ainda, os instrumentos de Apoio à Criação de Empresas e do Próprio Emprego por desempregados.

O Portal Emprego 2010 é um meio privilegiado para que todos possam conhecer e beneficiar das medidas criadas. De fácil utilização, possibilita que, com autonomia e de forma pró-activa, os cidadãos e as entidades empregadoras se informem e possam aceder às medidas que melhor respondem aos seus interesses.

Fonte: IEFP

   
   

Portugal espera ultrapassar meta dos 31% em energias renováveis

   


 

Segundo dados divulgados pela Comissão Europeia, Portugal poderá ultrapassar a meta de consumir 31% de energia a partir de fontes renováveis até 2020 se tiver condições para exportar o excedente.

De acordo com o documento de previsão, entregue em Dezembro de 2009 a Bruxelas, Portugal considera que “tem condições e recursos renováveis para ir mais além” do que os 31% que lhe foram atribuídos através da directiva (lei comunitária) 2009/28/CE.

Estimativas apresentadas pela Comissão Europeia indicam que a UE poderá ultrapassar em 0,3% essa meta, assumida no âmbito da luta contra as alterações climáticas e a dependência energética.

Segundo o Plano nacional para as energias renováveis, este ano, Portugal vai produzir 11 736 megawatt (MW) e 28 500 gigawatt/h (GWh) de energia a partir de fontes renováveis, valores que atingirão os 14 683 MW e 34 119 (GWh) em 2015 e 19 320 MW e 44 157 GWh em 2020.

As principais fontes em Portugal são, as barragens e o vento.

No primeiro caso, a energia produzida este ano é de 5160 MW e 11 212 MW, estimando-se em 6671 MW e 14 350 GWh para 2015 e em 8 883 MW e 19 680 GWh para 2020. A partir da energia solar, produzir-se-ão em 2010 5165 MW e 11 368 GWh, em 2015 6550 MW e 13 860 GWh, chegando ainda em 2020 aos 8500 MW e 16 883 GWh.

Fonte:Diariodigital

   
   

Novo Programa do Consumidor de Energia 2010-2011

   


 

A propósito do Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, celebrado no passado dia 15, a ERSE - Entidade Reguladora dos Serviços energéticos, lançou o novo Programa do Consumidor de Energia para o biénio 2010-2011, fazendo também um balanço do programa anterior.

Para a ERSE, o primeiro programa, em 2008-2009, revelou-se “um instrumento de grande utilidade, tendo contribuído para dar cumprimento de forma mais efectiva às suas atribuições, assegurar maior coerência, articulação e sinergias entre as acções desenvolvidas e potenciar os benefícios resultantes das parcerias estabelecidas”

Este novo programa aposta na continuidade das acções desenvolvidas ao abrigo do anterior programa, mas atende aos desafios do novo quadro de referência traçado para os mercados de electricidade e de gás natural.

Entre as alterações legislativas com maior impacte no consumidor de energia estão a definição do conceito de cliente vulnerável; a criação de “balcões únicos” para acesso a informação; a implementação de sistemas de contadores de energia inteligentes; a promoção da eficiência energética e o reforço da independência e das competências dos reguladores de energia.

Fonte: Ambienteonline

   
   

Barcelona e Lisboa unidas em investigação sobre renováveis

   
 

O projecto chama-se Innoenergy e irá trabalhar com seis plataformas dispersas pela Europa com o objectivo de aproximar universidades e empresas por via do conhecimento. Uma dessas plataformas está sediada em Barcelona e trabalha em estreita cooperação com Lisboa na investigação sobre energias renováveis.

O coordenador do projecto Innoenergy em Espanha, Josep Bordonau, apresentou a iniciativa no Fórum Ibérico de Barcelona. O Innoenergy terá um orçamento anual de 110 milhões de euros, cabendo a cada uma das seis plataformas cerca de 18 milhões de euros para aplicar anualmente.

De acordo com o responsável catalão do Innoenergy, os sócios fundadores, em que se inclui, no caso português, o Instituto Superior Técnico, contribuirão com 42% do financiamento das actividades destas plataformas.

“Queremos melhorar a capacidade de empreendedorismo, sobretudo a partir das universidades”, afirmou Josep Bordonau, perante a plateia maioritariamente empresarial que compõe o Fórum Ibérico de Barcelona.
“Entre Espanha e Portugal temos trabalhado para mostrar que temos capacidade de executar um dos projectos-estrela, mais concretamente o de equipamentos e processos para a indústria de eficiência energética”, referiu o coordenador do Innoenergy em Barcelona.

Além desta investigação, caberá à plataforma ibérica do Innoenergy investigar sobre eólicas “offshore”, testar tecnologias de energia solar de concentração e procurar soluções que reduzam custos nos sistemas fotovoltaicos.

Além de Barcelona, o Innoenergy terá extensões em Grenoble, Karlsruhe, Cracóvia, Estocolmo e Eindhoven.

Fonte: Jornal de Negócios

   
   

Bragança, Viseu, Coimbra e Viana são campeões em renováveis

   

 

 

Nos últimos anos, o conceito de produção energética descentralizada tem ganho maior significado, com a expansão dos sistemas de microgeração que qualquer consumidor já pode instalar em sua casa. Os distritos de Bragança, Viseu, Coimbra e Viana do Castelo lideram, destacados, a produção de energias renováveis em Portugal e foram responsáveis, em 2009, por quase metade da geração nacional de energia limpa.

Dados da Direcção Geral de Energia e Geologia (DGEG) atestam o crescimento das renováveis nestas regiões. Em 2009, o distrito de Bragança, aumentou em 27% a produção de renováveis, para 2,67 terawatt-hora (TWh). Os empreendimentos na região de Viseu produziram 2,2 TWh, mais 27% que em 2008. Viana do Castelo e Coimbra ultrapassaram 1,9 TWh de energia verde, com crescimentos anuais de 35,3% e 40,2%, respectivamente.

Fonte:Portal das energias renováveis

   
   

XV Olimpíadas do Ambiente

   

 

 

A preocupação dos professores em investir cada vez mais na sensibilização e formação ambiental dos mais jovens reflectiu-se na massiva participação dos alunos na 1ª eliminatória da 15ª edição das Olimpíadas do Ambiente.

A primeira prova da modalidade Ambiente à Prova decorreu no passado dia 14 de Janeiro de 2010 em 567 escolas de todo o país. A participação dos jovens excedeu todas as expectativas. Cerca de 31235 alunos, do 7º ao 9º ano de escolaridade, de 499 escolas realizaram a prova da Categoria Júnior. Enquanto 9700 alunos, do 10º ao 12º ano, de 246 escolas participaram na Categoria Sénior. Ambicionando marcar presença na Final Nacional, passaram à fase seguinte 1797 alunos do 3º ciclo e 1029 do ensino secundário.

A 2ª eliminatória da modalidade Ambiente à Prova realizou-se a 4 de Março, às 14h30 (13h30 nos Açores), em todas as escolas com alunos seleccionados. Nas provas desta fase, para além de questões centradas no tema geral da presente edição “Objectivos de Desenvolvimento do Milénio”, serão colocados problemas e perguntas sobre os sete temas-chave ambientais: conservação da Natureza, recursos naturais, poluição, estilos de vida, ameaças globais, política ambiental e realidade portuguesa.

A Final Nacional decorrerá em Maio, na cidade da Horta, na ilha do Faial, contando com a notável parceria e apoio da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar do Governo Regional dos Açores.

As Olimpíadas do Ambiente constituem um dos mais importantes e ambiciosos projectos de educação ambiental a nível nacional. Fazem parte da Comissão Organizadora das XV Olimpíadas do Ambiente, elementos da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, da Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza e do Zoomarine.

O projecto conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República, assim como o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e das Águas do Algarve.

Mais informações  em www.esb.ucp.pt/olimpiadas através do correio electrónico (olimpiadas@quercusancn.pt) ou do telefone (916897553).

 

Fonte: APA

   
   

Vencedores do European Business Awards for the Environment em Portugal

     
 

Numa cerimónia que contou com a presença da Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território, Dulce Álvaro Pássaro, foram entregues, no passado dia 3 de Março, os prémios European Business Awards For The Environment– Prémio de Inovação para a Sustentabilidade EBAEpis, às empresas portuguesas vencedoras. O EBAEpis, uma iniciativa da Comissão Europeia que decorre em diversos países da União Europeia, foi organizado pela Agência Portuguesa do Ambiente, a Direcção-Geral das Actividades Económicas e o Departamento de Prospectiva e Planeamento e Relações Internacionais, em colaboração com o BCSD Portugal e o Grupo GCI. Este prémio visa promover e divulgar iniciativas inovadoras de empresas que constituem contributos relevantes para o Desenvolvimento Sustentável.

Na categoria de Produto, o vencedor foi a Efacec Engenharia com o “SmartGate”, um controlador de postos de transformação de energia. Foi ainda atribuída uma menção honrosa à Vamaltex com o projecto “Ribek – First I was bottle, now Iam a blanket”, em que, através da transformação de resíduos de plásticos se produzem objectos têxteis de uso diário e doméstico a preço acessível e de distribuição generalizada.

Na categoria de Gestão, foram reconhecidos os sistemas de gestão ambiental implementados, tendo-se sagrado como vencedora a Lipor - “ Rumo à Sustentabilidade”. Adicionalmente, foram atribuídas três menções honrosas nesta categoria: à Siemens - “Respostas hoje para um futuro sustentável”; à Bosch Termotecnologia - “Gestão Ambiental Sustentável” e à Refúgio AtlânticoHotel Jardim Atlântico - “Um Marco Relevante no Turismo Sustentável”.



Fonte: APA

   
   

Novos Associados

   
   

Só desta forma podemos crescer, evoluir e cada vez mais contribuir para a afirmação deste Sector.

Este mês temos o prazer de receber no nosso directório as seguintes empresas:

• AMÉRICO SILVA
• AQUILA AUDAX, LDA
• CLIMALENTEJO, LDA
• FRIBANZA, Ar Condicionado e Instalações Frigoríficas, Lda
• JOSÉ FRANCISCO MACHADO ALMANSO
• LIDERNOR - Emp. Téc. Eléct., Ar Cond. e Mec., Lda
• PREDICLIMA, Unipessoal, Lda
• RELOPA - Electrodomésticos, Térmica e Ventilação, SA
• RUI PEDRO BATISTA CUSTÓDIO

     
   
   

Concurso Rali Solar

   

 



 

A APIEF – Centro de Formação Profissional para a Indústria Térmica, Energia e Ambiente vai participar no concurso RALI SOLAR, através de uma equipa do curso Instalação de Sistemas Solares Térmicos.

A equipa encontra-se inscrita na modalidade CRIASSOL, cuja actividade será a construção de protótipos solares, com aproveitamento solar térmico.

Este evento resulta de uma parceria entre a Fundação EDP - Museu da Electricidade e a Ciência Viva e tem o apoio científico da SPES – Sociedade Portuguesa de Energia Solar e do LNEG - Laboratório Nacional de Energia e Geologia.

O concurso Rali Solar visa contribuir para o desenvolvimento da cultura científica e empreendedorismo dos jovens na área do aproveitamento da energia solar através da realização de actividades experimentais. A iniciativa surge na sequência do concurso solar Padre Himalaya, que promoveu o uso das energias renováveis em contexto escolar, com a participação de centenas de alunos e professores nas três edições do concurso.

O concurso propõe um conjunto de desafios para a apresentação de protótipos na área da energia solar que envolvem a conversão fotovoltaica, o aproveitamento térmico ou a produção de biocombustíveis.

Para mais informações consultar o site:
http://www.cienciaviva.pt/ralisolar/

   
     

» LISBOA
Isabel Fonseca
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 213 224 260
Telm: 964 942 931
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 


     
   
    Datas para pagamento de impostos
     
   

     
   
   

Região Autónoma dos Açores - Assembleia Legislativa

     
    Decreto Legislativo Regional n.º 10/2010/A de 16 de Março - Segunda Alteração ao Decreto Legislativo Regional n.º 19/2007/A, de 23 de Julho, que aprova o sistema de incentivos para o desenvolvimento regional dos Açores (SIDER).
   

   

Assembleia da República

     
   

Lei n.º 2/2010, de 15 de Março - Altera o artigo 22.º do Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 394-B/84, de 26 de Dezembro.

   
   

Ministério do Ambiente e do Ordenamento do Território

     
   

Portaria n.º 160/2010, de 15 de Março - Define critérios para o cálculo das taxas relativas à actividade de regulação estrutural, económica e de qualidade de serviço, devidas pelas entidades gestoras concessionárias dos serviços multimunicipais e municipais de abastecimento público de água, de saneamento de águas residuais urbanas e de gestão de resíduos urbanos, à Entidade Reguladora dos Serviços de ´>Aguas e Resíduos, I. P. (ERSAR, I. P.)

   
   

Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social

     
   

Portaria n.º 154/2010, de 11 de Março - Cria Novas medidas para o reforço do Programa INOV e revoga a Portaria n.º 1451/2009, de 28 de Dezembro.

   
   

Comissão Nacional de Eleições

     
   

Mapa Oficial n.º 1-A/2010 de 11 de Março - Mapa Oficial dos resultados das eleições gerais para os órgãos das autarquias locais de 11 de Outubro de 2009.

   
   

Ministério das Finanças e da Administração

     
   

Decreto-Lei n.º 14/2010, de 9 de Março - Alarga o prazo até 31 de Dezembro de 2010 para a apresentação das candidaturas de acesso à linha de crédito extraordinária destinada ao financiamento de 50% da prestação mensal a cargo das pessoas que tenham estabelecido um contrato de crédito à habitação própria permanente desde que se encontrem na situação de desemprego há, pelo monos, três meses.

   
   

Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social

     
   

Decreto-Lei n.º 15/2010, de 9 de Março - Estabelece medidas de apoio aos desempregados de longa duração, alargando por um período de seis meses a atribuição do subsídio social de desemprego inicial ou subsequente ao subsídio de desemprego que cesse no decurso do ano de 2010, procedendo à primeira alteração do Decreto-Lei n.º 68/2009, de 20 de Março.

   

 

   
    APIEF
    Estágios Profissionais em Empresas do SECTOR, GRATUITOS e SEM ENCARGOS
 

» Sistema Aprendizagem - Colocação de formandos em Entidades de Apoio à Alternância

A APIEF – Centro de Formação Profissional de Indústria Térmica, Energia e Ambiente, na sequência do protocolo estabelecido com o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a APIRAC - Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado, aguardam candidaturas das empresas para colocação de Formandos na vertente:

As empresas interessadas em receber formandos, queiram por favor contactar ou através de e-mail formacao@apirac.pt ou através do n.º de telefone 213 224 260, de forma a registarmos o vosso interesse.

     
   
     
    Balanço da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável
    Inst. Ciências Sociais - Auditório Seda Nunes|22 de Março'10

 

Irá ter lugar no próximo dia 22 de Março, no Auditório Seda Nunes, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, pelas 14H30 a Conferência "Balanço da Década da Educação para o Desenvolvimento Sustentável".

No decorrer desta ConferÊncia será apresentado o Livro "Educação Ambiental - Balanço e Perspectivas para uma agenda mais Sustentável" de Luisa Schmidt, Joaquim Nave e João Guerra.

Entrada LIVRE.

Contactos:
Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa - Tel: 217 804 700
Agência Portuguesa do Ambiente - APA - Tel: 214 728 200
Comissão Nacional da Unesco - Portugal - Tel: 213 566 310

   
   

Cimeira Luso Tunisina

   

Tunes | 22-23 de Março

   

Nos próximos dias 22 e 23 de Março, terá lugar em Tunes a Cimeira Luso Tunisina.

O IPQ vai assinar dois Planos de Acção bilaterais, com as entidades tunisinas homólogas com quem tem estabelecido Acordos de Cooperação Técnica nos domínios da Normalização e da Metrologia, respectivamente o INNORPI (l'Institut National de la Normalisation et de la Propriété Industrielle) e a ANM (Agence Nationale de Métrologie) do Ministério do Comércio e do Artesanato.

Está previsto que o Plano de Acção IPQ - INORPI para o biénio 2010-2011 na área da Normalização inclua, designadamente, a participação de técnicos tunisinos em acções de formação, a realização de visitas técnicas ao IPQ e a continuação de troca de informação (boletins, newsletters, etc..). O Plano de Acção para a área da Metrologia IPQ - ANM será um plano quinquenal para 2010-2014, compreendendo a realização de calibrações de instrumentos de medição do laboratório da Tunísia nos laboratórios do IPQ, participação de técnicos tunisinos em acções de formação e visitas, bem como a participação da ANM em comparações interlaboratoriais.

Contactos:
IPQ - Tel: 21 294 81 00
e-mail: ipq@mail.ipq.pt

   
    I Encontro Industrial Internacional
   

HOTEL EM D. BENITO (BADAJOZ)/ Feira FICON 2010| 23 a 25 de Março

 

A Vicepresidencia Segunda de Asuntos Económicos y Consejería de Economía, Comercio e Innovación, através da Dirección General de Comercio e  as Cámaras de Comercio de Cáceres e Badajoz, organizam o  “I Encuentro Industrial Internacional”,  coincidindo com a Feria Ibérica de la Construcción y Salón de las Energías Renovables. (FICON 2010).

Contactos:
FOMENTO EXTREMEÑO DE MERCADO EXTERIOR, S.A.U.
Avda. de Extremadura, 5-A • 06800 Mérida
Telf. +34 924 004 070  • Fax +34 924 004 919
www.fomentomercados.com

   
    JORNADAS TECNOLÓGICAS 2010
    Viana do Castelo - AIMINHO | 19 a 21 de Maio de 2010

 

As Jornadas Tecnológicas são o maior evento de informação e formação no seio electrotécnico, e a prova disso foi o registo de mais de 2.500 participantes em quatro edições, para além da presença contínua das maiores empresas nacionais e internacionais da área.

A 5.ª edição irá decorrer, este ano, de 19 a 21 de Maio em Viana do Castelo, e terá painéis actuais e relevantes para os profissionais do sector electrotécnico.

» Clique aqui para ir directamente para a página das Jornadas Técnicas

Contactos:
Revista “o electricista”
Praça da Corujeira, nº. 38 | 4300-144 Porto
Tel.: +351 225 899 626/8 | Fax: +351 225 899 629
E-mail: inscricoes@jornadastecnologicas.pt

     
   
    Se pretender fazer um coméntário ou deixar-nos a sua opinião, clique aqui!
     
 

Patrocinadores SINERCLIMA'10


Patrocinadores Newsletter