A consistência da actividade de representação empresarial e sectorial aconselha a intenso e persistente trabalho junto da tutela e no estabelecimento de relações com parceiros e organismos representativos na nossa actividade. Considerando o envolvimento nacional no espaço europeu e na dinâmica de produção regulamentar e normativa que daí emanada tendo em vista a ordenação do mercado, a participação em fóruns e grupos de trabalho transnacionais torna-se absolutamente fundamental para planear e estruturar a intervenção associativa no plano nacional, quer junto da tutela quer no envolvimento das empresas nas linhas que se abrem na evolução do mercado.

Nesse entendimento, a APIRAC tem promovido a integração europeia, usufruindo actualmente de relações institucionais privilegiadas com entidades internacionais que desenvolvem actividades nos mesmos campos. No plano internacional fruto da colaboração com diferentes países e associações do espaço europeu em diferentes projectos, a APIRAC integra a Air Conditioning Refrigeration European Association - a AREA, maior organização transnacional no espaço europeu de empresas do Sector. A participação tem como objectivo permitir o acesso a fóruns de discussão das questões que marcam a agenda europeia, transmitindo por um lado a sensibilidade nacional e auscultando por outro a corrente comunitária nos diversos domínios da intervenção, legislação e regulamentação. A AREA tem sede em Bruxelas e constitui importante referencial da dinâmica do Sector junto da Comissão e seus órgãos.

Mais recentemente a APIRAC formalizou a adesão à EHPA (European Heat Pump Association) e ao Programa EUCERT, promovido pela EHPA, via CENTERM, que constitui um sistema, e eventualmente o único, acreditado para formação e credenciação na instalação de pequenos sistemas de energias renováveis.

Embora seja no quadro da actividade interna que os temas são debatidos e desenvolvidos, em particular no Departamento Técnico e nas Comissões de Trabalho que acompanham os diversos segmentos de mercado representados, procuraremos dar conta dos avanços que se registem em áreas sensíveis da actividade das nossas empresas.

    Nuno Roque
Secretário-Geral
     
   
   

1º Estudo Nacional do Perfil Energético do Sector Residencial

   

 

Inquérito nacional Energyprofiler identifica padrões de consumo de energia dos portugueses e caracteriza as diferenças entre os consumidores de energia das diferentes regiões de Portugal Continental e Ilhas. Público feminino até aos 45 anos é o que está mais sensibilizado para poupança energética. Perfil com maior oportunidade de melhoria é a classe do sexo masculino até 25 anos. O estudo é da autoria do projecto Energyprofiler, promovido pela Energaia, em parceria com a Factor Social e a TerraSystemics, com o apoio da ADENE.

A maioria dos consumidores domésticos poupa energia por “razões económicas” (87 por cento), mas considera também as “razões ambientais” (57 por cento). Os resultados do questionário do Energyprofiler revelaram que a generalidade dos portugueses possui um conhecimento “médio-alto” sobre o uso eficiente de energia e uma atitude “muito positiva” face à conservação de energia.

Quando questionados sobre quais os principais comportamentos desempenhados para levar a cabo a poupança de energia, os inquiridos demonstraram conhecer de uma forma global as várias formas possíveis de poupar energia; 62 por cento indicou que habitualmente “desliga as luzes quando não está ninguém”.

Entre os perfis de utilização de energia identificados, o público-alvo com maior necessidade de ultrapassar as barreiras à poupança energética são os jovens masculinos até 25 anos. Entre os vários obstáculos assinalados, a maioria dos consumidores (50 por cento) assinala: “já faço tudo o que posso”. A nível geral, é também o público-alvo masculino que demonstra estar menos sensibilizado em relação à poupança energética. As mulheres até 45 anos de todas as regiões demonstram estar mais sensíveis à mesma questão.

   
   

Venda de gasolina cai 17% no arranque do ano

   

Os primeiros dados de 2011 mostram um abrandamento nas vendas de gasolina e de gasóleo em Portugal.

 

A crise económica e as sucessivas subidas nos preços dos combustíveis explicam a diminuição do consumo no País.De acordo com os dados divulgados pela Direcção-Geral de Energia e Geologia (DGEG), o consumo de gasolina sem chumbo 95 caiu 17% em Janeiro deste ano face ao mês anterior e desceu 8% em relação a igual período de 2010. No mesmo sentido, as vendas de gasóleo desceram 14% face a Dezembro e ficaram praticamente inalteradas quando comparadas com Janeiro do ano passado.

Fonte: Diário Económico

   
   

Gasolina aumenta para novo máximo histórico: 1,629€

    O preço do litro de gasolina em Portugal voltou a subir e nunca foi tão caro.

 

Nos postos da Galp, a líder de mercado, o preço da gasolina encareceu um cêntimo para 1,629 euros. É o valor de referência mais elevado de sempre, sendo que nas bombas os revendedores optam normalmente por cobrar preços mais elevados. A gasolina na Cepsa também ficou mais cara em 0,5 cêntimos. O preço de referência na gasolineira espanhola é agora de 1,623 euros. Já o preço do gasóleo desceu tanto na Galp como na Cepsa em 0,5 e 0,6 cêntimos, respectivamente. Na petrolífera nacional o preço de referência de um litro de gasóleo está agora em 1,439 euros. Na Cepsa custa 1,444 euros.

Fonte: Diário Económico

   
   

O Tio Sam levou o primeiro puxão de orelhas

   

 

 

A agência de notação Standard & Poor's reviu ontem a perspetiva de rating dos Estados Unidos. Mudou-a de estável para negativa. Foi o primeiro tiro numa grande potência com notação máxima de triplo A Isso significa que a notação dos Estados Unidos poderá baixar e largar o clube do triplo A num horizonte de dois anos. A probabilidade foi estimada em 30%.

Fonte: Expresso

   
   

Angola: Parlamento aprova Lei sobre o Investimento Privado, que prevê valor mínimo de um milhão de dólares

   

 

 

O Parlamento angolano aprovou hoje na especialidade a Lei sobre o Investimento Privado, que estabelece como valor mínimo um milhão de dólares (690 mil euros) para quem pretenda investir em Angola.

A lei, aprovada com 159 votos a favor, 20 contra e três abstenções, visa, segundo o ministro das Finanças angolano, "qualificar o investimento em Angola", de que o país precisa atualmente.

"É isso que o país está a precisar, de captar finança internacional, para o desenvolvimento de grandes projetos em Angola, projetos esses traduzidos no aumento em massa de postos de trabalho", disse Carlos Alberto, na apresentação da lei.

Fonte: Lusa

   
    Em Destaque o Parceiro: Sorriso Saudável
    Clinica de Medicina Dentária

 

A APIRAC e a Clínica de Medicina Dentária - Sorriso Saudável, assinaram recentemente um protocolo que tem por objectivo a criação de uma relação de parceria entre a APIRAC e todos os serviços prestados pela Clínica - Sorriso Saudável nas áreas de Medicina Dentária, tratamentos dentários, branqueamentos, próteses, implantologia, entre outros serviços de excelência. A Clínica de Medicina Dentária - Sorriso Saudável tem condições especiais e vantajosas para as empresas associadas da APIRAC que são detentoras do Cartão Associado APIRAC.

“A excelência em clínica dentária”, essa é a filosofia de trabalho da Sorriso Saudável (DoctorD), o seu principal objectivo é dar toda a assistência, pós-atendimento, qualidade e conforto aos seus pacientes.

No coração de Lisboa, localizado próximo à Marquês de Pombal venha os visitar.

As condições especiais genéricas concedidas pela Clínica de Medicina Dentária - Sorriso Saudável, são disponibilizadas no site do cartão, a partir de www.apirac.pt.

O Cartão Associado APIRAC é uma iniciativa da APIRAC, constituindo um serviço que presta aos seus associados com situação regular, com uma periodicidade anual que coincide com o ano civil, sendo renovável anualmente.

Mais informações clique aqui

     
   
   

Técnico Superior de Segurança e Higiene no Trabalho - Niveis 3 e 5

   

Abertas as inscrições

 

 




     
   
   

 

» LISBOA
Isabel Fonseca
Tel: 213 224 265
Telm: 967 830 953
Fax: 213 474 576
formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 253 554 288
Telm: 967 446 860
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 


     
   
    Datas para pagamento de impostos
     
   

     
   
   

Presidência do Conselho de Ministros e Ministério da Economia, da Inovação e Desenvolvimento

     
   

Portaria n.º 131/2011. D.R. n.º 66, Série I de 2011-04-04 - Cria um balcão único electrónico, designado «Balcão do empreendedor».

   
   

Ministério da Administração Interna

     
   

Portaria n.º 136/2011. D.R. n.º 67, Série I de 2011-04-05 - Primeira alteração à Portaria n.º 64/2009, de 22 de Janeiro, que estabelece o regime de credenciação de entidades para a emissão de pareceres, realização de vistorias e de inspecções das condições de segurança contra incêndios em edifícios (SCIE).

   
   

Ministério da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento

     
   

Portaria n.º 138/2011. D.R. n.º 67, Série I de 2011-04-05 - Mantém para o ano de 2011 o valor mínimo do seguro obrigatório de responsabilidade civil a celebrar pelas entidades inspectoras das redes e ramais de distribuição e instalações a gás.

   
   

Ministérios do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Trabalho e da Solidariedade Social

     
   

Portaria n.º 143/2011. D.R. n.º 68, Série I de 2011-04-06 -   Fixa, para vigorar em 2011, o preço da habitação por metro quadrado de área útil.

   
   

Ministérios da Economia, da Inovação e do Desenvolvimento e do Trabalho e da Solidariedade Social

     
   

Portaria n.º 148/2011. D.R. n.º 70, Série I de 2011-04-08  - Primeira alteração à Portaria n.º 238/2010, de 29 de Abril, que estabelece o regime de concessão dos apoios técnicos e financeiros da medida INOV-Export e define as respectivas normas de funcionamento e acompanhamento e aprova o Regulamento da Medida INOV-Export.

   
   

Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social

     
   

Portaria n.º 164/2011. D.R. n.º 76, Série I de 2011-04-18 - Segunda alteração à Portaria n.º 128/2009, de 30 de Janeiro, que regula as medidas «Contrato emprego-inserção» e «Contrato emprego-inserção+».

   

 

   
    APIEF - Estágios Profissionais
    Estágios Profissionais em Empresas do SECTOR, GRATUITOS e SEM ENCARGOS
 

» Sistema Aprendizagem - Colocação de formandos em Entidades de Apoio à Alternância

A APIEF iniciou mais uma série de cursos em Sistema Aprendizagem que integram no decurso da formação uma forte componente de estágio, que leva os formandos a realizar uma formação prática em contexto de trabalho, sendo para tal necessária a participação de empresas, designadas neste âmbito por entidades de apoio à alternância, para se poder concluir o processo formativo. Assim, informa a APIRAC aos seus associados que o nosso Centro de Formação APIEF necessita de parceiros para acolher estagiários nas áreas que se indicam:

Aspectos Técnicos:

  • Não existe qualquer contrapartida financeira de parte a parte;
  • Os períodos de estágio são concentrados em dois períodos do ano para melhor integração do formando e desenvolvimento da aprendizagem em situações de trabalho; previsivelmente em 2011,e para o primeiro período lectivo em curso, os estágios decorrerão nos seguintes períodos:
          » TRC - 07-03-2011 a 31-03-2011, e de 06-06-2011 a 06-07-2011 (300 horas),
          » ISST – 28-02-2011 a 18-03-2011, e de 06-06-2011 a 22-02-2011 (200 horas);
  • Os custos com os formandos, bem como os seguros são suportados pelo IEFP e APIEF;
  • Necessária a designação de um Tutor;
  • No final da formação terá que ser enviada uma avaliação;
  • No final de cada mês terá que ser enviada a assiduidade dos formandos via fax ou e-mail;
  • Assinatura de um protocolo/ contrato entre as entidades envolvidas.

As empresas interessadas em receber formandos, queiram por favor contactar: Dra. Margarida Alvadia                     
Tel: +351 213 540 011 | e-mail: margarida.alvadia@apief.pt

     
   
     
   

A Sustentabilidade das Empresas de AVAC&R

   

27 abril 2011|14h30 ÀS 17h30 | IEFP da Zona Industrial de Castelo Branco

 

A APIRAC. promove um ENCONTRO-DEBATE aberto a todas as empresas do sector de AVAC&R-Aquecimento, Ventilação, Ar Condicionado e Refrigeração, no sentido de esclarecer os gestores e técnicos das empresas quanto à problemática da adaptação da capacidade técnica das empresas, por forma a torná-las mais competitivas e concorrenciais, de acordo com a regulamentação do sector.

A Participação é GRATUITA

Inscrições: dias.caetano@apirac.pt

Consultar PROGRAMA aqui

   
     
   

Tektónica 2011

    Feira Internacional de Lisboa, Parque das Nações | 3 a 7 Maio'11

 

A Ocupação da área exposicional da FIL a 100%, mais sectores e ainda mais actividades. Internacionalização, Inovação e Grandes Debates com e para o sector, marcam a diferença da feira líder em Portugal no sector da Construção e Obras Públicas. Participe!

A TEKTÓNICA é o parceiro certo para a projecção internacional da sua empresa.

Durante o ano de 2011, a TEKTÓNICA acompanhará as empresas portuguesas a feiras internacionais nos mercados considerados prioritários e em franca expansão - Lipoexpo, Líbia (Fevereiro); Moçambique (Fevereiro/Março); Constrói Angola (Outubro), FICH - Feira Internacional de Construção e Habitação Cabo Verde (Outubro) e Construmar, Marrocos (Outubro).

Contactos para informações:
www.tektonica.fil.pt

   
   

CLIMAMED 2011

    Madrid, ESPANHA | 2 a 3 de Junho de 2011

 

Já na sua 6ª edição, o CLIMAMED’11 terá lugar em Madrid, Espanha, durante os dias 2 e 3 de Junho de 2011.

Estes são os 9 temas proposto para o Congresso:

  • Energia Solar Térmica e outras Energias Renováveis e suas aplicações aos Sistemas de Climatização
  • Eficiência Energética em Edifícios
  • Manutenção e Exploração de Edifícios
  • Impacto Ambiental e Protecção do Meio Ambiente
  • Qualidade do Ar Interior e Saúde
  • Sistemas de Ventilação
  • Parâmetros de Conforto: significado, aplicação e seu controlo
  • Qualidade das Instalações
  • Normalização e Regulamentação
Consultem o prospecto do evento, clicando aqui

Mais informações:
ATECYR - info@atecyr.org · Tel. 91 767 13 55 · Fax. 91 767 06 38
www.atecyr.org

     
   
    Se pretender fazer um coméntário ou deixar-nos a sua opinião, clique aqui!
   
Para remover clique aqui e escreva STOP.
 

Patrocinadores Newsletter