Vamos encontrar-nos onde os continentes se encontram…” é esta a frase escolhida pelos colegas turcos, e apresentada a público no seu apelo para a próxima edição do nosso já bem conhecido Congresso Mediterrânico de Climatização, agora o CLIMAMED’ 2013. É com forte entusiasmo que assistimos à adesão da Turquia à organização, agora concretizada na assunção da responsabilidade pela sétima edição do CLIMAMED. Dentro de pouco mais de 1 ano e 2 meses, o CLIMAMED terá lugar em Istambul, nos dias 2-3-4 de Outubro de 2013.

De facto, é em frente de Istanbul (como eles escrevem em turco), do outro lado do Mar da Mármara que, estando nós com os pés na Europa, vemos à distância duma ponte, cópia fiel da nossa 25 de Abril, que está a Ásia, o maior continente do mundo, abarcando civilizações milenares pelo menos tão velhas como nós. Os que formos, iremos ter oportunidade de viver o exotismo do encontro de civilizações que Istambul nos oferece, ninguém deixará de sentir que está na charneira de mudança entre um modo de vida deslumbrado mas afinal tão desencantado, como hoje a Europa para nós está, e outro modo de vida, onde as raízes do misterioso Oriente são em tudo visíveis e onde se misturam modernidade, tradição e mistério. Só por isto valerá a pena irmos.

O CLIMAMED é hoje um evento que, nós todos, os que trabalhamos para o Sector do AVAC&R, e os que trabalhamos no amplo sector onde se interligam as inúmeras vertentes de actividade dos profissionais ligados à Climatização e Refrigeração, já sabemos o que vale. Ao longo destes últimos quase 10 anos, já vivemos, cá em Portugal toda a saga organizativa das suas primeira e quinta edições, fomos depois co-organizadores, com os colegas da ATECYR (Espanha), da AICVF (França) e da AICARR (Itália), dos congressos de Madrid (duas vezes), Lyon e Génova. Sempre tivemos participação quer como conferencistas quer como assistentes. Portugal tem marcado presença interveniente de relevo nos CLIMAMED, há que dar continuidade a essa notável participação.

O nosso apelo a todos os que, desde as Universidades às Escolas Profissionais, nas empresas - como técnicos ligados ao projecto ou à execução das instalações, à sua manutenção e assistência técnica - passando pelos gestores ou responsáveis pelas instalações em edifícios, como técnicos que vivem nas suas actividades as grandes preocupações actuais da eficiência energética, da qualidade do ar interior ou da protecção ambiental e querem ver melhorada a sua condição, escolham o CLIMAMED´ 2013 para submissão de resumos de comunicações que gostassem de apresentar neste grande evento do nosso Sector. Esperamo-vos.

    Luís Fonseca e Silva
Secretário-Técnico APIRAC
     
   
   

Arrendamento Urbano prolongado

   

O Presidente da República (PR) promulgou ontem a nova lei do arrendamento urbano, depois dos esclarecimentos apresentados pelo Governo sobre esta matéria

 

O Executivo apresentou a informação necessária sobre a interpretação das disposições do diploma relativas à proteção dos arrendatários em situação de maior vulnerabilidade que constam do Decreto da Assembleia da República que procede à revisão do regime jurídico do arrendamento urbano.

Em causa estava a estabilidade contratual e a proteção social dos arrendatários em situação de maior vulnerabilidade. Esta revisão do regime jurídico do arrendamento urbano altera o Código Civil, o Código de Processo Civil e a Lei do Arrendamento de 2006, e foi aprovada no Parlamento no início deste mês.

   
   

Compras da China a Portugal crescem 64% até Junho para 633 milhões de Euros

   

A China comprou a Portugal até junho produtos no valor de 778 milhões de dólares (633 milhões de euros), mais 63,9% do que no primeiro semestre de 2011, indicam dados oficiais hoje divulgados.

 

Já para Portugal - terceiro parceiro comercial da China no universo lusófono - seguiram, até junho, mercadorias chinesas avaliadas em 1,2 mil milhões de dólares (997 milhões de euros) - menos 11,8% em relação ao período homólogo do ano passado -, segundo as estatísticas dos Serviços da Alfândega da China.

Com efeito, o volume das trocas comerciais luso-chinesas atingiu 2 mil milhões de dólares (1,6 mil milhões de euros) na primeira metade do ano, refletindo um crescimento anual na ordem dos 7,4%.

Entre janeiro e junho, as trocas comerciais entre a China e os oito países de língua portuguesa aumentaram 22% em termos anuais, alcançando 63,7 mil milhões de dólares (51,8 mil milhões de euros).

Os dados divulgados incluem São Tomé e Príncipe, apesar do país manter ligações com Taiwan e não participar diretamente no Fórum Macau.

A China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa no ano de 2003, altura em que estabeleceu o fórum que se reúne ao nível ministerial de três em três anos.

Fonte: DN

   
   

Novos apoios ao emprego jovem arrancam hoje

   

Foi publicada em Diário da República a portaria que regula os apoios do programa 'Impulso Jovem'

 

As empresas portuguesas já podem começar a contratar jovens desempregados ao abrigo dos apoios do programa 'Impulso Jovem'. Isto numa altura em que o desemprego entre os jovens ultrapassa os 36% em Portugal, segundo dados do Eurostat.

O Conselho de Ministros aprovou no início de Junho o programa de combate ao desemprego "Impulso Jovem", que envolve mais de 344 milhões de euros e vai abranger 90 mil jovens.

O programa prevê, nomeadamente, uma redução da taxa social única (TSU) de 90%, até ao montante máximo de 175 euros, para as empresas que contratem a termo jovens desempregados de longa duração, por um período mínimo de 18 meses.

O 'passaporte emprego', que garante, no final de um estágio profissional de seis meses (com formação profissional mínima de 50 horas), um prémio de integração caso ocorra a celebração de um contrato de trabalho sem termo é outra das medidas do programa.

Saiba mais

Fonte: Diário Económico

   
   

O que muda a partir de hoje nos estágios profissionais

    Os estágios profissionais, comparticipados pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, estão sujeitos a novas regras, já publicadas em Diário da República. São quatro novos estágios, denominados Passaporte Emprego, destinado a incorporar jovens desempregados em entidades com ou sem fins lucrativos, em particular as do setor de bens transacionáveis nas regiões de convergência (Norte, Centro e Alentejo), e a facilitar a transição para o mercado de trabalho nos setores de aposta estratégica através de um mecanismo de estímulo à contratação, incluindo um prémio de integração dependente da contratação sem termo. Fique a par do que muda

 

- No Passaporte Emprego o IEFP financia a bolsa do primeiro estagiário a 100%  em entidades com dez trabalhadores ou menos. Em unidades com mais de dez trabalhadores, o apoio é de 70%.

- Estes estágios profissionais terão uma duração de seis meses, sendo que a expectativa do Governo é de que este programa chegue a cerca de 20 mil jovens. Ficam limitados, em termos geográficos, às regiões Norte, Centro, Alentejo.

-As entidades promotoras dos estágios têm que proporcionar formação profissional, com uma carga horária mínima de 50 horas.

- A bolsa a atribuir é 691,7 euros para estagiários com ensino superior completo, 524 euros para estagiário com ensino secundário ou pós-secundário completo e  419,22 euros para estagiário que não tenha o ensino secundário completo.

- As empresas que acolhem estes estagiários devem pagar subsídio de alimentação, seguro de acidentes de trabalho. Caso não haja transporte disponível, cabe ainda à empresa o seu pagamento ou, em troca, um subsídio de 42 euros por mês.

onte: Diário de Notícias

   
   

Portugal volta a liderar na energia das ondas

   


 

Chama-se Waveroller e é o mais recente protótipo para aproveitamento da energia das ondas. Está a ser construído em Peniche e é único a nível mundial. Um novo empurrão à economia do mar.

Saiba mais

Fonte: Expresso

   
   

Certificados do tesouro pagam menos de 1% pela primeira vez

     
 

Os juros oferecidos nas novas subscrições de Certificados do Tesouro continuam a cair. A taxa que será praticada este mês está, pela primeira vez, abaixo de 1%, para os primeiros cinco anos. A taxa máxima deste produto, criado em Julho de 2010, continua congelada nos 7,10%.

O Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP), liderado por João Moreira Rato (na foto), divulgou as taxas que serão aplicadas nas subscrições dos certificados do Tesouro em Agosto. Assim a taxa bruta será de 0,95% entre o primeiro e o quinto ano, um valor nunca antes registado.

A taxa de juro tem vindo a descer desde o final do ano passado, atingindo assim um valor nunca visto. Os Certificados do Tesouro foram criados em Julho de 2010 e chegaram a pagar 2,15% há precisamente um ano. Este foi o valor mais elevado deste produto.

Já os prazos mais longos têm juros mais atractivos, mas continuam congelados desde Março de 2011, altura em que Portugal accionou o pedido de intervenção externa e levou a que o IGCP congelasse estes valores devido à evolução "disfuncional" do mercado de dívida.

Assim, as taxas praticadas partir do quinto ano mantém-se nos 6,80% e no 10º ano encontra-se nos 7,10%.

Fonte. Jornal de Negócios

   
    Trabalhador designado: Um Trunfo para as Empresas
    Novos Cursos em Lisboa

 

A Segurança, Higiene e Saúde no trabalho é mais do que um conjunto de actividades em torno da prevenção dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais.

Com efeito, é uma área cuja gestão tem uma influência decisiva na vida das empresas e que é determinante no desenvolvimento da sua principal fonte de energia: As pessoas.

É importante que as empresas e os trabalhadores apostem no curso de Trabalhador Designado, pois constitui uma nova abordagem preventiva sobre os riscos profissionais, reais e potenciais, cumprindo assim a legislação das 35 de formação anuais.

O conceito de saúde no trabalho não é hoje mais um mero estado de ausência de doença, mas um factor de promoção de ambiente e bem-estar, gerador de factores motivacionais e de produtividade dos trabalhadores nas empresas.

Para mais informações consulte o site da Apief em www.apief.pt

     
   
   

Formação Modular Cerificada

   

A APIEF informa que se encontram abertas as inscrições para a participação gratuita em ações de formação modular certificada, no âmbito do POPH.

 

 

DESTINATÁRIOS

Ativos empregados e desempregados, com idade igual ou superior a 18 anos e que sejam detentores de baixas qualificações escolares e/ou profissionais, ou que possuam qualificações desajustadas às necessidades do mercado de trabalho, ou que pretendam uma requalificação profissional

OFERTA FORMATIVA

UFCD 1240 – Execução de Operações – Tubos de Cobre
UFCD 1246 – Funcionamento de Dispositivos de Comando e Proteção
UFCD 1252 – Instalações Frigoríficas – Componentes Mecânico
UFCD 1253 – Instalações Frigoríficas – Componentes Elétricos
UFCD 1286 – Termodinâmica Aplicada – Máquinas Térmica
UFCD 1297 – Tecnologia Mecânica – Técnicas de Manutenção
UFCD 4585 – Projeto de Sistema Solar Térmico – Instalação
UFCD 6007 – Corrente Contínua
UFCD 6010 – Corrente Alternada

Participação Gratuita

» Saiba tudo » aqui «

   
   

 

» LISBOA
Isabel Fonseca
Tel: 213 224 265
Telm: 967 830 953
Fax: 213 474 576
formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 253 554 288
Telm: 967 446 860
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 


     
   
   

Refrigeração Magnética

     
 

Se disséssemos que num futuro próximo os frigoríficos domésticos deixariam de vir equipados com compressor e fluido frigorigéneo, achariam possível? Pois bem, tal poderá vir a acontecer graças a uma tecnologia que se baseia nas alterações de temperatura que alguns materiais sofrem quando sujeitos à aplicação e retirada de um campo magnético (o chamado efeito magnetotérmico).

Este efeito foi observado já em 1881 pelo físico alemão Emil Warburg e foi aplicado com sucesso a partir do ano de 1930 em aplicações criogénicas na indústria. Nos últimos anos tem-se reactivado a investigação no sentido de se vir a fazer uso desta tecnologia em aplicações à temperatura ambiente, caso dos frigoríficos domésticos e comerciais, as bombas de calor para climatização, em ar condicionado automóvel ou em aplicações medicinais.

Os materiais adequados para fazer funcionar os sistemas frigoríficos magnéticos à temperatura ambiente são ligas metálicas constituídas por metais raros e caros, p.ex. o gadolínio em liga com arsénio  (sendo este último tóxico). Para a grande divulgação destes sistemas há, por enquanto, a necessidade de se confirmarem novos materiais que, além de seguros e mais baratos, garantam um eficiente efeito magnetotérmico.

Comparando com o processo tradicional de arrefecimento, o seu funcionamento é análogo. Em vez da compressão do vapor num compressor tradicional, o mesmo efeito é obtido pela aplicação dum campo magnético a um material adequado, provocando o seu aquecimento, e em vez de um dispositivo de expansão (como o capilar ou a VEXT) o mesmo efeito é obtido pela retirada desse mesmo campo magnético, provocando o seu arrefecimento.

Haverá ainda problemas por ultrapassar até que surjam no mercado os primeiros frigoríficos baseados nesta tecnologia, no entanto, ela já se posiciona para num futuro próximo substituir de forma mais eficiente, mais económica e menos ruidosa os sistemas actuais.

Se quiser saber mais, sugerimos a visita a três sites com diferentes complexidades, onde poderá deixar-se magnetizar por esta tecnologia.

Para um artigo mais aprofundado, clique aqui

Para explicações resumidas e um esquema do funcionamento, clique aqui

Para ver a versão da Wikipédia para leigos, clique aqui

     
   
    Datas para pagamento de impostos
     
   

     
   
   

Assembleia da República

     
   

Declaração de Retificação n.º 38/2012. D.R. n.º 141, Série I de 2012-07-23 - Retifica a Lei n.º 23/2012, de 25 de junho, «Procede à terceira alteração ao Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro», publicada no Diário da República, 1.ª série, n.º 121, de 25 de junho de 2012.

   
   

Lei n.º 28/2012. D.R. n.º 147, Série I de 2012-07-31 - Aprova o quadro plurianual de programação orçamental para o período de 2013 a 2016.

   
   

Resolução da Assembleia da República n.º 96/2012. D.R. n.º 147, Série I de 2012-07-31 - Orientações de política europeia.

   
   

Resolução da Assembleia da República n.º 97/2012. D.R. n.º 147, Série I de 2012-07-31 - Orientações sobre política europeia a serem seguidas por Portugal, designadamente na próxima reunião do Conselho Europeu.

   
   

Ministério da Economia e do Emprego

     
   

Decreto-Lei n.º 138/2012. D.R. n.º 129, Série I de 2012-07-05 - Altera o Código da Estrada e aprova o Regulamento da Habilitação Legal para Conduzir, transpondo parcialmente a Diretiva n.º 2006/126/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 20 de dezembro, alterada pelas Diretivas n.os 2009/113/CE, da Comissão, de 25 de agosto, e 2011/94/UE, da Comissão, de 28 de novembro, relativas à carta de condução.

   
   

Decreto-Lei n.º 143/2012. D.R. n.º 133, Série I de 2012-07-11 - Aprova a orgânica do Instituto do Emprego e da Formação Profissional, I. P.

   
   

Decreto-Lei n.º 144/2012. D.R. n.º 133, Série I de 2012-07-11 - Aprova o regime de inspeções técnicas de veículos a motor e seus reboques, transpondo a Diretiva n.º 2010/48/UE, da Comissão, de 5 de julho, que adapta ao progresso técnico a Diretiva n.º 2009/40/CE, do Parlamento Europeu e do Conselho.

   
   

Decreto-Lei n.º 145/2012. D.R. n.º 133, Série I de 2012-07-11 -  Aprova a orgânica do Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I. P.

   
   

Decreto-Lei n.º 149/2012. D.R. n.º 134, Série I de 2012-07-12 - Procede à sétima alteração ao Código dos Contratos Públicos, aprovado em anexo ao Decreto-Lei n.º 18/2008, de 29 de Janeiro.

   
   

Decreto-Lei n.º 151/2012. D.R. n.º 134, Série I de 2012-07-12 - Aprova a orgânica da Direção-Geral de Energia e Geologia.

   
   

Decreto-Lei n.º 157/2012. D.R. n.º 138, Série I de 2012-07-18 - Aprova a orgânica do Laboratório Nacional de Engenharia Civil, I. P.

   
   

Decreto-Lei n.º 158/2012. D.R. n.º 141, Série I de 2012-07-23 - Aprova a orgânica do Instituto da Construção e do Imobiliário, I. P.

   
   

Decreto-Lei n.º 170/2012. D.R. n.º 148, Série I de 2012-08-01 - Procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 39/2010, de 26 de abril, que cria o regime jurídico da mobilidade elétrica.

   
   

Região Autónoma da Madeira - Presidência do Governo

     
   

Decreto Regulamentar Regional n.º 16/2012/M. D.R. n.º 128, Série I de 2012-07-04 - Aprova a execução do Orçamento da Região Autónoma da Madeira para 2012.

   
   

Ministérios da Economia e do Emprego e da Solidariedade e da Segurança Social

     
   

Portaria n.º 207/2012. D.R. n.º 130, Série I de 2012-07-06 - Cria a Medida Incentivo à Aceitação de Ofertas de Emprego.

   
   

Presidência do Conselho de Ministros - Secretaria-Geral

     
   

Declaração de Retificação n.º 35/2012. D.R. n.º 133, Série I de 2012-07-11 - Retifica a Portaria n.º 140/2012, de 14 de maio, do Ministério da Economia e do Emprego, que estabelece os termos da tarifa de referência do regime remuneratório aplicável às instalações de cogeração, publicada no Diário da República, 1.ª série, n.º 93, de 14 de maio de 2012.

   
   

Ministério das Finanças

     
   

Decreto-Lei n.º 142/2012. D.R. n.º 133, Série I de 2012-07-11 - Procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 118/2011, de 15 de dezembro, que aprova a orgânica da Autoridade Tributária e Aduaneira e à terceira alteração ao Decreto-Lei n.º 274/90, de 7 de setembro, no respeitante à dotação do Fundo de Estabilização Aduaneiro.

   
   

Presidência do Conselho de Ministros e Ministérios da Administração Interna, da Justiça, da Economia e do Emprego, da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território e da Saúde

     
   

Portaria n.º 210/2012. D.R. n.º 134, Série I de 2012-07-12  - Quinta alteração à Portaria n.º 736/2006, de 26 de julho, que aprova o regulamento de condições mínimas para os trabalhadores administrativos.

   
   

Ministérios das Finanças e da Economia e do Emprego

     
   

Portaria n.º 211/2012. D.R. n.º 135, Série I de 2012-07-13  - Primeira alteração à Portaria n.º 1033-A/2010, de 6 de outubro, que estabelece um regime de discriminação positiva para as populações e empresas locais, com a aplicação de um sistema misto de isenções e de descontos nas taxas de portagem nas autoestradas sem custos para o utilizador (SCUT) do Norte Litoral, do Grande Porto e da Costa de Prata.

   
   

Região Autónoma da Madeira - Assembleia Legislativa

     
   

Resolução da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira n.º 31/2012/M. D.R. n.º 137, Série I de 2012-07-17 - Aprova a Conta da Região Autónoma da Madeira referente ao ano de 2010.

   
   

Região Autónoma dos Açores - Assembleia Legislativa

     
   

Decreto Legislativo Regional n.º 32/2012/A. D.R. n.º 135, Série I de 2012-07-13 - Estabelece o regime jurídico da qualidade do ar e da proteção da atmosfera.

   

Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território

     
   

Portaria n.º 226/2012. D.R. n.º 148, Série I de 2012-08-01 - Segunda alteração ao Regulamento do Regime de Apoio aos Investimentos nos Domínios do Desenvolvimento de Novos Mercados e Campanhas Promocionais, aprovado pela Portaria n.º 719-B/2008, de 31 de julho.

   
   

Tribunal Constitucional

     
   

Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 353/2012. D.R. n.º 140, Série I de 2012-07-20 - Declara a inconstitucionalidade, com força obrigatória geral, das normas constantes dos artigos 21.º e 25.º da Lei n.º 64-B/2011, de 30 de dezembro (Orçamento do Estado para 2012). b) Ao abrigo do disposto no artigo 282.º, n.º 4, da Constituição da República Portuguesa, determina-se que os efeitos desta declaração de inconstitucionalidade não se apliquem à suspensão do pagamento dos subsídios de férias e de Natal, ou quaisquer prestações correspondentes aos 13.º e ou 14.º meses, relativos ao ano de 2012.

   
 
   
   

Encontro de Empresas de AVAC&R no Distrito de Viseu

   

25 de Setembro | Escola Superior de Tecnologia de Viseu

 

A APIRAC pretende levar a efeito uma reunião geral alargada a todas as empresas do sector de AVAC&R, do Distrito de Viseu, no sentido de apresentar alguns aspectos importantes da regulamentação do sector e do seu programa de formação para acreditação de técnicos de instalação, manutenção e assistência técnica e simultaneamente auscultar directamente os interessados em apresentar os seus problemas relacionados com a actividade de AVAC&R.

» HORÁRIO: 14h30 às 18H00

» INSCRIÇÃO: Gratuita

Contactos:

APIRAC – Departamento Técnico
Email : dias.caetano@apirac.pt
Fax: 21 347 4576

   
     
   

Low Carbon Earth Summit 2012

   

19 a 21 Outubro | Guangzhou, China

 

A LCEs-2012 continuará a fornecer uma plataforma alternativa a outras conferências globais em relação à mudança do clima e à protecção do ambiente.

Tera o seu grande foco nas práticas de economia verde, promoção das energias sustentáveis ​​ou renováveis​​, e propôe-se apresentar resoluções técnicas para resolver e prever os problemas existentes.

Assim, LCEs-2012 pode fornecer e ajudar a nossa sociedade e a humanidade nos impactos sem precedentes sobre o desenvolvimento mundial sustentável , o crescimento da nova economia e da inovação de energia renovável para a comercialização.

Contactos:

http://www.bitcongress.com/nef2012/

   
     
   

TEKTÓNICA Projekta by Angola

   

28 a 28 de Outubro | Angola

 

Angola é o 2ª mercado Africano com maior investimento, depois da Africa do Sul, e o 4º maior em dimensão. Angola está no grupo das economias com crescimentos previstos de 5 a 7,5% ao ano, nos próximos 5 anos.

Saiba tudo aqui


Contactos:
Site clique aqui

 

     
     
   

Asian Air-Source Heat Pump Development Forum·China 2012

   

17 de Novembro | Xangai

 

"Asian Air Fonte Bomba de Calor · Fórum de Desenvolvimento da China 2012" terá lugar em em Xangai no dia 17 de novembro de 2012.

A cimeira reunirá os líderes e especialistas de governos, associações e empresas do sector e este congresso pretende ser o maior e influente evento da indústria sobre bombas de calor na Ásia.

Saiba tudo aqui


Contactos:
Ms.Cathy Lee
cathy.lee@ashpasia.com
Mr. Jerry Han
jerry.han@ashpasia.com
Tel:+86-21-6155-1001 Tel:+86-21-6155-6543
Email : registration@ashpasia.com
Address: Rm.7/F, Huadu Mansion, Zhangyang Road 838, Shanghai
www.ashpasia.com

     
     
   

PORTUGAL - Missão Empresarial ao México II 9 a 12 de Outubro de 2012

   

9 a 12 de Outubro

 

Cerca de um ano após a primeira Missão Empresarial ao México, no âmbito do projeto Portugal Innovating Energy Solutions, vamos repetir a iniciativa.

O sucesso inicial e os contatos estabelecidos desde então, são fatores determinantes para renovar a presença das empresas portuguesas no mercado mexicano.

O principal objetivo é o de promover a internacionalização das soluções tecnológicas das PME’s nacionais com ênfase nas áreas da Eficiência Energética, Renováveis, Mobilidade, Construção Sustentável e Redes Inteligentes, onde se incluirá uma nova área: Água e os Resíduos.

Submeta a sua Candidatura e faça parte deste projeto de internacionalização.

No site www.portugalenergysolutions.com é a nova plataforma onde pode encontrar toda a informação disponível sobre o programa de internacionalização e respetivas missões empresariais.

Esta é uma iniciativa da A ADENE - Agência para a Energia e do EnergyIN - Pólo de Competitividade e Tecnologia de Energia, financiada através do COMPETE, ao abrigo do QREN, com o apoio institucional do AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal.

Contactos:
missoesenergia@adene.pt
Tel. : 214 722 800

   
     
   
    Se pretender fazer um comentário ou deixar-nos a sua opinião, clique aqui!
   
Para remover clique aqui e escreva STOP.
 

Patrocinadores Newsletter