Realizada que foi a quarta edição do “Encontro Nacional de instaladores” do Setor de AVAC&R, justificar-se-á dar conhecimento de algumas notas em tom de balanço.

O seminário mereceu o acompanhamento de 170 participantes, entre os quais se encontravam os representantes das entidades que integraram a mesa redonda em torno de reflexões e debate sobre os ”Desafios que se colocam ao Setor em matéria de Ambiente” – APA, ZERO, QUERCUS, INTERECYCLING, AMBIGROUP e ANREEE – a que se juntou ainda a IGAMAOT. Acompanhou a sessão representante do Secretário de Estado do Ambiente, que teve oportunidade de em discurso direto auscultar as diversas sensibilidades sobre temas da maior importância e atualidade para o Setor, como são o transporte de mercadorias regulamentadas, a coordenação entre as qualificações e certificações em matéria ambiental (F-Gases versus ODS) e a aplicação de ecovalor sobre transação de fluídos frigorigéneos, com a perspetiva de desonerar encaminhamentos e entregas em centros de recolha e ou tratamento.

Mas se a parte da tarde foi cabeça de cartaz, a parte da manhã mereceu também a participação de entidades e oradores de nomeada. A sessão começou a com a participação da Agência para o Desenvolvimento e Coesão, com uma apresentação programática das linhas do Portugal2020 que incidem sobre a atividade; e que foi secundada pela CH Business Consulting, entidade protocoloda com a APIRAC, especializada na assistência técnica à submissão e acompanhamento de candidaturas de projetos de investimento. O primeiro painel foi completado pela ADENE, dando notas sobre a evolução dos processos da eficiência e certificação energéticas, com particular incidência nas revisões em curso das diretivas EPDB e EED que serão publicadas no próximo ano e conduzirão a atualizações legislativas em Portugal.

A sessão da manhã, foi ainda enriquecida com as participações da CERTIF, CENTERM e Departamento Técnico da APIRAC.

Excelente o apoio dos nossos patrocinadores AMBIFOOD, CISEC, DAIKIN PORTUGAL, FERNANDO JORGE CARVALHO MARTINS e SANDOMETAL.

Foi efetivamente bom, ficam benefícios para rentabilização futura, mas o passado já lá vai. Por isso, no próximo dia 8 de novembro, terça-feira, teremos outro grande evento: o primeiro Encontro Nacional de Gestão Técnica.

Este encontro terá lugar no CCB, na Sala Luís de Freitas Branco, em Lisboa. O Encontro ficará marcado pelo lançamento e distribuição aos participantes do primeiro “Guia Técnico de apoio ao projeto, implementação e manutenção dos sistemas de regulação, controlo e gestão técnica em edifícios”, de autoria da Comissão de Sistemas de Gestão Técnica em Edifícios da APIRAC. Este Guia Técnico tem o apoio de todas as empresas de comissão de SGTE da APIRAC, pelo que, também por essa razão, está garantido consenso e o empenho de todos na sua aplicação futura.

As inscrições ainda se encontram abertas e deverão ser efetuadas junto dos serviços da APIRAC.

Até terça-feira!

    Nuno Roque
Secretário-Geral APIRAC
 

 

     
   

Apoio APIRAC na Certificação de Empresas

     
 

A certificação das empresas na atividade de instalação, reparação, manutenção ou assistência técnica e desmantelamento de equipamentos fixos de refrigeração, ar condicionado e bombas de calor contendo gases fluorados com efeito de estufa, é uma realidade à qual as empresas do nosso Setor têm sabido responder.

Assim, alguns Associados apelaram ao nosso apoio personalizado de modo a aligeirarem a carga administrativa que o processo exige e terem a garantia que o seu processo de certificação estaria em conformidade com as exigências da Entidade Certificadora.

Em resposta ao apoio prestado, a apreciação por parte dos Associados foi sempre positiva, pelo que deixamos aqui alguns testemunhos:

Associado: Pedro Fernandes da empresa ENSOCLIMA, UNIPESSOAL, LDA

Venho por este meio agradecer o vosso apoio por vos disponibilizado para a certificação, o que tornou o processo simples e rápido, sem este apoio era impossível fazer a certificação em tempo recorde e sem inconformidades, mais uma vez os meus agradecimentos. Obrigado.

Associado: Srs. Joaquim Tusto e Carlos Ferreira da empresa CMTCI, LDA

Vimos pela presente salientar o nosso agradecimento à associação APIRAC pelo apoio dado no processo de certificação de empresas com a marca CERTIF.

Salientamos o elevado profissionalismo demonstrado pelos engenheiros José Dias Caetano e Ruben Martins desde o início até ao fim do processo, conseguindo a CMTCI o melhor resultado no dia da inspeção, estando neste momento certificada.

Sem mais de momento e deixando mais uma vez o nosso agradecimento despedimo-nos com elevada estima e consideração.

 

Por intermédio do seu Departamento Técnico, a APIRAC está ao dispor para os pedidos de apoio, com ou sem deslocação, que os Associados queiram ver respondidos.

   
     
   

Projeto ProCold

   

Um desafio para os fabricantes de aparelhos de refrigeração profissional e comercial

 

Estima-se que a substituição dos aparelhos de refrigeração para uso profissional e comercial atualmente presentes no mercado europeu, por modelos idênticos mas mais eficientes, permita reduzir o consumo energético entre 30 a 50%. Adicionalmente, estes aparelhos podem também incorporar fluidos frigorigéneos com baixo impacte climático, possibilitando uma maior redução do impacte ambiental associado à sua utilização.

O Projeto ProCold, a decorrer em oito países Europeus com o financiamento da Comissão Europeia, visa aumentar a eficiência energética dos armários refrigerados plug-in e acelerar a adoção de fluidos frigorigéneos com menor PAG, potencial de aquecimento global. Para tal, intervém diretamente junto dos diferentes atores de mercado, nacionais e europeus, como fabricantes, retalhistas, indústria de comidas e bebidas, restauração, hotelaria, entidades públicas, entre outros.

» Competição a nível europeu para premiar os melhores modelos
Vários produtores europeus submeteram modelos nas seguintes categorias: armários de armazenagem para refrigeração, aparelhos de refrigeração de bebidas, arcas para gelados, expositores verticais de refrigeração para supermercados e máquinas refrigeradas de venda automática com vidro frontal. A competição encontra-se em fase de avaliação das candidaturas, entre as quais se encontram dois modelos nacionais, produzidos pelos fabricantes “Mercatus” de Águeda e “Hydracooling” de Guimarães.

Os produtos são testados, de acordo com as normas de medição em vigor, em laboratórios acreditados, e os vencedores serão anunciados e galardoados no EuroShop 2017, em Dusseldorf, e no HOST 2017, em Milão.

» Divulgação dos melhores modelos online
Qualquer fabricante, cujos modelos cumpram os critérios de seleção do projeto (baseados na normativa europeia e disponíveis online), podem contactar os parceiros nacionais e ver os seus produtos divulgados nas listagens do projeto, que conta atualmente com nove categorias de produtos.

Em Portugal, o Projeto ProCold está sob a responsabilidade da Quercus.

Fonte: QUERCUS

   
   

Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2016

   

 

   

Estão abertas as candidaturas, até 31 de dezembro, para a apresentação de trabalhos elaborados por jovens engenheiros com idade até 35 anos, membros da Ordem dos Engenheiros, de qualquer região do país.

Promovido pela Região Sul da Ordem dos Engenheiros, o Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2016 visa contribuir para a realização e divulgação de trabalhos inovadores, com aplicabilidade prática, nos diversos ramos da Engenharia.



A 26ª edição desta iniciativa contempla a possibilidade da atribuição de três prémios pecuniários no valor de:

10.000,00 €
5.0000,00 €
2.500,00 €

Consulte o regulamento e saiba mais informações sobre o Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2016.

Fonte: IEFP/OE

   
   

Conferência Internacional Portugal e os Outros              

    REEE – Resultados abaixo do mediano, números a precisarem de explicação, custos muito caros para empresas

 

A ANREEE realizou, no passado dia 13 de outubro, em Lisboa, uma Conferência Internacional sobre o tema Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrónicos (REEE) - Portugal e os outros.

Nesta conferência foi feita uma análise dos números relativos aos resultados da política de gestão de REEE em Portugal e feita a sua comparação com os resultados obtidos em outros países europeus.



A política de gestão de REEE tem como base Diretivas que são transversais a toda a comunidade europeia e que vêm modelando a atuação de todos os Estados Membros desde 2005.

Embora as Diretivas forneçam uma base comum de procedimentos e objetivos, a forma como estes são implementados e alcançados difere, todavia, de Estado Membro para Estado Membro, de acordo com o mercado e estratégia seguida por cada legislador nacional.

Os números apresentados por Portugal para o período 2010 a 2014 (intervalo de informação disponibilizado pela Agência Portuguesa do Ambiente) revelam uma realidade que deixa interrogações.

Consulte » aqui « a informação completa.

Fonte: ANREEE

   
    Indicadores de conjuntura económica
     
 

Índice de Vendas no Comércio a Retalho acelerou em termos homólogos - Setembro de 2016

O Índice de Volume de Negócios no Comércio a Retalho passou de uma variação homóloga de 2,9% em agosto para 3,1% em setembro. Os índices de emprego, de remunerações e de número de horas trabalhadas, ajustadas de efeitos de calendário, apresentaram, no mês de referência, taxas de variação homóloga de 2,7%, 4,5% e 2,6%, respetivamente (2,7%, 5,6% e 4,2% em agosto, pela mesma ordem).

No terceiro trimestre de 2016 o índice das vendas no comércio a retalho aumentou 3,3%, traduzindo uma aceleração de 1,1 pontos percentuais quando comparado com o trimestre anterior.

Indicador de confiança dos Consumidores aumenta e indicador de clima económico diminui ligeiramente - Outubro de 2016

O indicador de confiança dos Consumidores aumentou em setembro e outubro, após ter diminuído nos três meses anteriores.
O indicador de clima económico diminuiu de forma ténue em outubro mas manteve-se próximo dos valores registados nos dois meses anteriores. Em outubro, o indicador de confiança aumentou na Indústria Transformadora e na Construção e Obras Públicas e diminuiu ligeiramente no Comércio e nos Serviços.

Índice de Produção Industrial desacelerou - Setembro de 2016

O índice de produção industrial apresentou uma variação homóloga de 1,8% em setembro (2,1% em agosto). A secção das Indústrias Transformadoras registou uma variação homóloga de 0,2% (-1,1% no mês anterior). No 3º trimestre de 2016, o índice agregado aumentou 0,9% face ao trimestre homólogo (taxa igual à observada no trimestre anterior).

Fonte: INE

     

   
    As nossas Circulares
    Consulte as nossas Circulares na Área Reservada ao Associado, no site APIRAC
 


» 2016

Circular n.º 44

Concessão e alteração de alvarás Capacidade económico financeira

     
   
   

Verificação de Equipamentos para Deteção de Fugas no CENTERM  

   

 

 


     
   
 
    AGENDA - CURSOS APIEF 2016
   

 

» LISBOA
Dra. Filipa Mendes
Tel: 213 540 011
Fax: 213 474 576
filipa.mendes@apief.pt formacao@apief.pt

» PORTO
Dra. Patrícia Maia
Tel: 222 088 837
Telm: 964 942 932
Fax: 213 474 576
apirac.porto@apirac.pt
formacao.porto@apief.pt

» GUIMARÃES
Dra. Maria José
Tel: 253 554 288
Telm: 967 446 860
Fax: 213 474 576
apirac.guimaraes@apirac.pt
formacao.guimaraes@apief.pt

 

 
7 nov » EQAI b-learning
11 nov » Fluidos Naturais e Alternativos guimarães
14 nov » Gases Fluorados – Categoria 1 - Pós-laboral porto
16 nov » Fluidos Naturais e Alternativos  lisboa
16 nov » TIM3 - Pós-laboral  lisboa
21 nov » Gases Fluorados - categoria 1 – Intensivo guimarães
21 nov » Gases Fluorados - categoria 1 - Pós-laboral lisboa
21 nov » Fluidos Naturais e Alternativos porto
28 out »  Geral de Refrigeração e Climatização b-learning
16 dez » plano de manutenção lisboa
Nov / Dez » tim 3 b-learning
Nov / Dez » Gases fluorados - categoria 1 b-learning
Nov / Dez » gases fluorados - teórico b-learning
Nov / Dez » complemento tim 3 b-learning
     
   
    Datas para pagamento de impostos
     

   
   

 

    Região Autónoma dos Açores - Assembleia Legislativa
   


   

DECRETO LEGISLATIVO REGIONAL N.º 19/2016/A - DIÁRIO DA REPÚBLICA N.º 192/2016, SÉRIE I DE 2016-10-0675468733 - Primeira alteração ao Decreto Legislativo Regional n.º 29/2011/A, de 16 de novembro, que estabelece o regime geral de prevenção e gestão de resíduos.

     
   
     
    1.º Encontro Nacional da GTC
    8 de novembro | Sala Luís Freitas Branco - CCB - Lisboa




 
A APIRAC sob os auspícios da Comissão de Trabalho de Sistemas de Gestão Técnica de Edifícios vai organizar o 1º Encontro Nacional de Gestão Técnica Centralizada.

O Encontro ficará marcado pelo lançamento e distribuição aos participantes do primeiro “Guia Técnico de apoio ao projeto, implementação e manutenção dos sistemas de regulação, controlo e gestão técnica em edifícios”, de autoria da Comissão de Gestão Técnica Centralizada da APIRAC.

Sendo os sistemas de GTC cada vez mais decisivos parta a eficiência energética nos edifícios, verifica-se ainda, um grande desconhecimento na aplicação da legislação nacional (RECS) e a norma EN15232 associada. Desde os projetistas e peritos numa fase inicial do projeto até à verificação final da obra e posterior condução e manutenção por parte dos TIM, a legislação não é muitas vezes aplicada por desconhecimento e falta de divulgação. É desta necessidade que surge o Guia Técnico, criado no seio da comissão de SGTE da APIRAC que reúne os requisitos legais e as boas práticas, aplicáveis em cada fase de desenvolvimento e implementação: Projeto, Obra, Condução e Manutenção.

As inscrições estão abertas, com formulário para o efeito que deverá ser remetido para os serviços a APIRAC.

  • Ver programa AQUI
  • Formulário de Inscrição AQUI
Contactos
APIRAC - Comunicação e Imagem
Dra. Sofia Sequeira
213 224 260 | 967 830 990
     
     
   
    Se pretender fazer um comentário ou deixar-nos a sua opinião, clique aqui!
   
Para remover clique aqui e escreva STOP.
 

 


Patrocinadores Newsletter
 

 
 
 


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

PATROCINADORES
INICIATIVAS
APIRAC 2016