NewsLetter APIRAC - 18 de Maio de 2006

 

Editorial

Como terão tomado conhecimento pelas revistas e artigos científicos vindos a lume nestes últimos três meses, a teoria do Big-Bang está a apresentar fissuras na credibilidade, fundamentalmente, porque, face ao desconhecimento do que são a matéria negra e a energia sombra constituintes de 95% da matéria e energia que enformam o Universo, ela – teoria, já “velha” de 40 anos - só parece ser válida para os restantes 5%. Pouco, para sustento duma teoria que se pensava universalmente intocável.

 

Quem lê este tipo de notícias e gosta do AVAC&R, acaba – salvas as devidas proporções – por achar que o que está a acontecer ao sector é qualquer coisa parecida com um Big-Bang, embora de carácter puramente nacional e sectorial. Referimo-nos, após a saída da muito esperada e desejada legislação sobre a certificação energética e a qualidade do ar nos edifícios, à enorme “aceleração” que se instalou entre os técnicos do sector. É que, quem pensou que poderia ser mais um conjunto de leis para depositar no fundo e na tranquilidade da gaveta, e que tudo iria continuar na maior indiferença, enganou-se rotundamente.

 

Relembremos, pela ordem de aparecimento, foi o Decreto-Lei 28/2003 de 12 de FEV., relativo à Etiquetagem energética dos aparelhos domésticos de AC, o Decreto-Lei 12/2004 de 9JAN., relativo aos Alvarás, a seguir, o Decreto 230/2004 de 10 DEZ., relativo aos Resíduos de EEE, o Decreto-Lei 152/2005 de 31AGO., relativo à credenciação dos técnicos que manuseiam CFC’s e em 4ABR.06, o pacote triplo dos Decretos-Lei 78, 79 e 80, respectivamente, a transposição da Directiva 2002/91/CE que obriga à implementação dos requisitos regulamentares de eficiência energética e de qualidade do ar interior nos edifícios e os Regulamentos RSECE e RCCTE.

 

Concordam que há algumas semelhanças com o “Big-Bang”? Só esperamos que não surjam de surpresa, nem matéria negra nem energia sombra a criar escolhos à nossa aceleração. Que saibamos todos corresponder-lhe a caminho da credibilidade das profissões do AVAC&R, são os nossos votos.

 

 

 

 L. Fonseca e Silva

Secretário Técnico APIRAC


Notícias

Engenharia de Refrigeração já tem Especialistas

 

Mais morosos do que sempre se deseja são os processos que conduzem à concretização de objectivos em tempo pensados. Este era uma promessa “velha” de 2 anos que só agora atingiu o seu epílogo. A APIRAC andava a prometer que o sector do frio – algo descurado face ao ar condicionado – ia ser dinamizado, e para isso tentou que, com a experiência ganha na criação da Especialização em Engenharia de Climatização no seio da Ordem dos Engenheiros, se chegasse ao mesmo patamar com a Engenharia de Refrigeração. Um dos últimos passos terá sido o 1º Encontro Nacional de Frio que decorreu em paralelo com a SINERCLIMA, a nova Feira do Sector, na Expo-Salão da Batalha, em Fevereiro passado.

 

Assim, podemos anunciar que foi aprovada, no passado 11 de Maio, por deliberação do Conselho Director Nacional (CDN) da OE, a constituição da Comissão Executiva da Especialização em Refrigeração, fazendo dela parte, os seguintes Engenheiros: J.Pimenta Borges (Coordenador), F.Gonçalves dos Santos (Coordenador Adjunto), António Granjeia, C.Martins Serrano, J.P. Teles Nolasco e L.Fonseca e Silva.

 

A APIRAC deseja aos 6 novos Especialistas em Refrigeração ora reconhecidos, um profícuo trabalho no desenvolvimento, valorização e consolidação em Portugal da sua área de Engenharia.


Destaques

Formação Profissional

 

 

 

Cursos a começar em Maio:

INSCREVA-SE JÁ:

Técnico de Manuseamento de Fluidos Frigorigéneos - 36h

Inicio a 2 de Maio - Porto - Horário Pós-Laboral

Inicio a 3 de Maio - Lisboa - Horário Pós-Laboral

Inicio a 18 de Maio - Lisboa - Horário Pós-Laboral

 

 

Estão abertas as inscrições para os seguintes cursos:

Cursos de Apoio à Credenciação

(Lisboa, Porto, Guimarães, Castelo Branco, Faro)

Carga
Horária

Documentação
TÉCNICO DE MANUSEAMENTO DE FLUIDOS FRIGORIGÉNEOS 36 Horas

Bilhete de Identidade

Nº de Contribuinte

Curriculum Profissional

Declaração das empresas comprovativa dos anos de actividade

Eventuais certificados/diplomas de habilitações

ELECTROMECÂNICA  DE REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO 40 Horas
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM QAI
(inclui 20H de Electromecânica avançada de refrigeração e ar condicionado)
80 Horas
CURSO COMPLEMENTAR EM QAI
(inclui 20H de Electromecânica básica de refrigeração e ar condicionado)
80 Horas
 

Cursos de Formação Contínua

Carga Horária

Local

Co-Financiado

Curso Técnicas de Refrigeração e Ar Condicionado

180 Horas

Lisboa

Porto

Guimarães

Castelo Branco

Faro

Não

Sim

Sim

Sim

Sim

Curso Básico de Refrigeração e Ar Condicionado

90 Horas

Lisboa

Castelo Branco

Faro

Não

Sim

Sim

Curso Automatismos Industriais

60 Horas

Porto

Guimarães

Sim

Sim

Curso Automação

40 Horas

Porto

Guimarães

Sim

Sim

 

Lisboa: Carla Pereira Simões

Tel:  21 322 42 60

Fax: 21 347 45 76

apirac@netcabo.pt

Porto: Dra. Patrícia Maia

Tel:  96 494 29 32

Fax: 22 208 48 79

apirac_porto@clix.pt

Guimarães: Dra. Maria José

Tel:  253 531 841

Fax: 253 535 578

apirac_guimaraes@clix.pt

 


Tecnologia

Guia completo dos velhos e novos fluidos

 

Com a aplicação prática do Dec.-Lei 152/2005 tornou-se uma “emergência” os nossos técnicos ficarem por dentro de tudo que diz respeito aos fluidos usados nas instalações de AVAC&R. Há poucos dias apareceu-nos, por mão dum dos nossos formadores, uma documentação do fabricante sobre um dos fluidos de substituição do R22. Nesse artigo era posto a nu o problema da alteração do R407C, como fluido zeotrópico que é (portanto, com a obrigatoriedade de ser carregado em fase líquida, para não se alterar o teor da mistura ternária que o constitui) em que se mostrava concretamente, que problemas, e

 

 

onde ocorriam, quando se fazia a substituição do R22 por aquele fluido.

 

Tentando encontrar na Net informação sobre o assunto deparámos com um excelente Manual, 92 páginas em PDF do fornecedor National Refrigerants, onde tudo, incluindo os problemas postos por aquele fluido, é tratado, em inglês americano, claro, mas mais uma vez de fácil leitura e do modo habitualmente bem sistematizado que nos States se usa na literatura técnica. Desde as características termodinâmicas de cada fluido até aos comportamentos dos fluidos misturas, passando pelos óleos lubrificantes e suas compatibilidades, tudo sobre os fluidos frigorigéneos nele se encontra. Sugiro que importem o Manual, que guardem a informação que ele disponibiliza nem que seja para posterior consulta. Muito útil e cheio de interesse.

 

Para aceder ao “site” digite

http://www.refrigerants.com/catalog.pdf

 


Tome nota / Agenda

Datas para pagamento de impostos durante este mês

Não Esquecer

 

22 Mai

IRS / IRC

Retenções efectuadas em Abril/06

22 Mai Imposto Selo

Imposto Selo relativo ao mês de Abril/06

31 Mai IRC

Data limite de entrega da declaração de rendimentos modelo 22

31 Mai

Origações Acessórias

Data limite de entrega da declaração modelo 17 - Dívida pública - Não Residentes - Operações de que tenha resultado reembolso antecipado de imposto.

Data limite de entrega da declaração modelo 18 - Vales de Refeição.

 


Certames / Eventos

 

24 de Maio - 14:30 - ISEP

Temas:

Ventilação.

Evacuação de gases e produtos da combustão. Chaminés individuais e colectivas.

 

 

26 de Maio - 09:30 - Local a designar

Temas:

● A nova legislação e a actividade profissional dos instaladores AVAC.

● Ar Condicionado LG.

 

Contacto: geral@decflex.com


 

Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado

 

Congresso Mediterrânico de Climatização

 

Revista Grau Celsius

 

Directório APIRAC

 

Parcerias

 

Instituto para a Qualidade na Formação

 

Programa REDE

 

Instituto Português da Qualidade

 

Instituto dos Mercados

de Obras Públicas e Particulares e do Imobiliário

 

Instituto de Soldadura e Qualidade

 

PT Comunicações, SA