NewsLetter APIRAC - 1 de Setembro de 2006

 

Editorial

Eu próprio escrevia no editorial desta nossa Newsletter em meados do Julho passado – faz mês e meio - sob o título “Chegou o grande calor” que “com ele talvez se vão incentivar as vendas de equipamentos de AVAC, talvez os números das vendas estabeleçam novos recordes e o número de obras vá crescer”. Dizia mais, que “como associação do Sector, hoje, com 42ºC às 15H00, congratulamo-nos, e no imediato gostamos, mas não garantimos, no longo prazo se todos ficaremos a ganhar”.

 

Tudo verdades? Só posso afirmar que o grande calor continua, mas as respostas continuam no segredo dos deuses. Continuo a crer que todas as dúvidas são lícitas. Para nós, do AVAC, permanecem abertas as portas para trabalho garantido mas continuamos a sofrer com as dificuldades em receber. E porquê? Será tudo consequência em cadeia dessa queixa difusa dum primeiro de todos que não paga?

Ou será má estruturação, ou mau planeamento? Ou será mais uma tradição de incumprimento de prazos? Ou será do calor?

 

Também quase posso garantir que entra Setembro e o calor amainará. As empresas têm de continuar e os seus técnicos - agora a caminho do reconhecimento formal das suas competências - vão continuar a ter trabalho. E o ciclo fechar-se-á até voltar de novo o grande calor.

 

Que tempo este! Que ano agitado este! Que área profissional tão dinâmica, esta, apesar dos grandes calores que nos assaltam!

 

Bom regresso de férias a quem as pôde gozar. Os do AVAC nem tanto.

 

 

L. Fonseca e Silva

Secretário Técnico APIRAC

 


Notícias

A Indústria de Ar Condicionado chinesa parece arrefecer

 

A China tem-se vangloriado de ser presentemente o maior fabricante do mundo de equipamentos de ar condicionado. No entanto, com o significativo abrandamento das vendas internas e das exportações, a indústria chinesa poderá ser forçada a sofrer uma profunda reestruturação.

 

O fabrico de equipamentos de ar condicionador na China tem vindo a declinar na produção e nas vendas desde Agosto de 2005. Os empresários do sector consideram culpados o declínio do preço das matérias-primas no mercado internacional e as alterações climáticas, de que é exemplo o tempo chuvoso na maior parte da China neste Verão de 2006.

 

Os empresários chineses justificam ainda este abrandamento, principalmente, porque destinos da China, tal como Europa, América do Norte e Turquia, estabeleceram medidas anti-dumping e barreiras técnicas que restringem importações dos seus equipamentos de ar condicionado. Por exemplo, a Turquia introduziu uma taxa anti-dumping de 25% em todos os equipamentos de ar condicionado fabricados na China. A produção também está afectada pela nova apreciação da moeda chinesa, o yuan, face ao dólar americano e também pela política de apertar o cinto do próprio governo que tem refreado o investimento público no imobiliário. Todos estes factores combinados criam um cenário em que o fabrico de equipamentos de ar condicionado na China deverá continuar a enfrentar desafios complicados nos próximos dois anos.

 


Marcação de Equipamentos Eléctricos e Electrónicos

 

A versão portuguesa da EN50419:2006 ou seja a NPEN50419:2006 "Marcação dos equipamentos eléctricos e electrónicos (EEE) em conformidade com o Artigo 11(2) a Directiva 2002/96/CE (REEE)", que resulta da revisão da NPEN50419:2005 - foi publicada pelo IPQ (Instituto Português da Qualidade) no passado  30JUN.06.

 

A nova norma está disponível para consulta ou aquisição na sede do IPQ, Assim, no que respeita aos tipos de marcação para os EEE colocados no mercado nacional, e de acordo com o previsto no Dec.-Lei n.º 230/2004, de 10DEZ, estipula-se que:

 

  • Cada EEE colocado no mercado nacional deve conter a identificação do produtor (artigo 5.º (3)). Conjugando esta obrigação com a decorrente do artigo 26.º (3), o número de registo (constituído pelas letras PT seguidas dum conjunto de 6 dígitos) atribuído aos produtores de EEE que completaram o processo de registo on-line no SIRPEEE, deverá igualmente constar nas facturas emitidas e nos documentos de transporte e outros documentos equivalentes.

  • Cada EEE colocado no marcado nacional deve exibir uma marca que permita aferir visualmente os EEE históricos dos restantes. (artigo 5.º (3))

  • Cada EEE colocado no mercado nacional deve apresentar uma marca representada pelo símbolo definido no Anexo IV, constituindo um incentivo para os cidadãos cumprirem a sua obrigação relativa à deposição selectiva dos REEE de forma a ser possível o seu encaminhamento adequado para o tratamento (artigo 21.º (2)).

 

No que concerne às 2 marcações previstas, a normalização é ditada pela referida NPEN50419:2006.

 

(Fonte: Instituto dos Resíduos)

 


Destaques

Formação Profissional

 

 

 

Cursos a começar em Setembro:

INSCREVA-SE JÁ:

Técnico de Manuseamento de Fluidos Frigorigéneos - 36h

Inicio a 11 de Setembro - Lisboa - Horário Pós-Laboral

Inicio a 12 de Setembro - Porto - Horário Pós-Laboral

 

 

Estão abertas as inscrições para os seguintes cursos:

Cursos de Apoio à Credenciação

(Lisboa, Porto, Guimarães, Castelo Branco, Faro)

Carga
Horária

Documentação
TÉCNICO DE MANUSEAMENTO DE FLUIDOS FRIGORIGÉNEOS 36 Horas

Bilhete de Identidade

Nº de Contribuinte

Curriculum Profissional

Declaração das empresas comprovativa dos anos de actividade

Eventuais certificados/diplomas de habilitações

ELECTROMECÂNICA  DE REFRIGERAÇÃO E AR CONDICIONADO 40 Horas
CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM QAI
(inclui 20H de Electromecânica avançada de refrigeração e ar condicionado)
80 Horas
 

Cursos de Formação Contínua

Carga Horária

Local

Co-Financiado

Curso Técnicas de Refrigeração e Ar Condicionado

180 Horas

Lisboa

Porto

Guimarães

Castelo Branco

Faro

Não

Sim

Sim

Sim

Sim

Curso Básico de Refrigeração e Ar Condicionado

90 Horas

Lisboa

Castelo Branco

Faro

Não

Sim

Sim

Curso Automatismos Industriais

60 Horas

Porto

Guimarães

Sim

Sim

Curso Automação

40 Horas

Porto

Guimarães

Sim

Sim

 

Lisboa: Carla Pereira Simões

Tel:  21 322 42 60

Fax: 21 347 45 76

apirac@netcabo.pt

Porto: Dra. Patrícia Maia

Tel:  96 494 29 32

Fax: 22 208 48 79

apirac_porto@clix.pt

Guimarães: Dra. Maria José

Tel:  253 531 841

Fax: 253 535 578

apirac_guimaraes@clix.pt

 


Tecnologia

Livros Técnicos de AVAC&R

 

Sabe-se como a existência de mais literatura técnica disponível nas livrarias poderia ser uma boa ajuda para os técnicos portugueses. Quantas vezes, há dúvidas que durante meses (e anos…) acartamos connosco porque não queremos perguntar a ninguém - para não dar parte de fraco. Se tivéssemos um livro que fosse, sobre o assunto, tudo seria diferente. Mas, onde há livros com o que precisamos sobre AVAC&R?

 

Viajando na Net em busca de literatura técnica deparámos com um “sítio” recheadíssimo de “coisas” que nos interessam (em especial, nesta nova fase dos técnicos nacionais, que já entenderam o que significa ser “técnico certificado”). São livros em espanhol, mas lê-se bem e não faz mal saber ler o idioma de “nuestros hermanos”. Encontrámos, imagine-se, mais de 40 títulos diferentes com temas tão interessantes como por exemplo o Manual Prático do Ar Condicionado (da Carrier), O Amoníaco como Fluido Frigorigéneo, o Vademecum da Recuperação dos CFCs e de Outros Fluidos, um Manual de Instalações de Aquecimento com Água Quente, um Guia do Transporte Frigorífico ou A Casa Solar - Guia de Projecto, Construção, e Manutenção (com um CD-Rom). Os preços - enviam por correio - variam entre 18 Euros, o mais barato, e 97 Euros, o mais caro. Como seríamos felizes se houvesse boas traduções portuguesas…

 

 

Para saber tudo (e, eventualmente, até escolher e comprar) faça click em  http://www.amvediciones.com/frio.htm

 


Tome nota / Agenda

Datas para pagamento de impostos durante este mês

Não Esquecer

 

11 Set

IVA

Declaração periódica mensal referente ao mês de Julho/06

15 Set

Segurança Social

Contribuições relativas ao mês de Agosto/06

20 Set

IRS / IRC

Retenções efectuadas em Agosto/06

20 Set Imposto Selo Imposto Selo relativo ao mês de Agosto/06

29 Set

IRC

Pagamento por conta

 


Certames / Eventos

EMAF - Exposição Internacional de Máquinas-Ferramenta e e Acessórios

14-18 de Novembro de 2006 - EXPONOR

 

De 14 a 18 de Novembro de 2006, irá decorrer na EXPONOR - Feira Internacional do Porto, a 11ª edição da EMAF. Em simultâneo a este certame, irá decorrer a SMIEX - 7º Salão Internacional de Manutenção Industrial, INTERINDÚSTRIA - 4ª Salão Internacional para Produtos e Serviços para a Indústria e PORTUGAL METAL - 10º Salão de Produtos de Metalurgia e Metalomecânica.

 

Tudo sobre a feira em: www.emaf.exponor.pt

 


 

Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado

 

Congresso Mediterrânico de Climatização

 

Revista Grau Celsius

 

Directório APIRAC

 

Parcerias

 

Instituto para a Qualidade na Formação

 

Programa REDE

 

Instituto Português da Qualidade

 

Instituto dos Mercados

de Obras Públicas e Particulares e do Imobiliário

 

Instituto de Soldadura e Qualidade

 

PT Comunicações, SA