NewsLetter APIRAC - 03  de Abril 2008

 

Editorial

O Dicionário de AVAC&R da REHVA já está on-line, em www.rehvadictionary.org a versão portuguesa do Dicionário Técnico de AVAC&R (Aquecimento, Ventilação, Ar Condicionado e Refrigeração) da REHVA, a Federação das Associações Europeias do Sector (instituição representada em Portugal pela Ordem dos Engenheiros) e com a qual a APIRAC estruturou excelentes ligações.

 

A terceira edição do Dicionário da REHVA, até agora disponível em suporte papel em formato tradicional de dicionário técnico multilingue, passa a estar disponível apenas em formato digital.

 

Abandonou-se o pesado e incómodo formato tradicional de dicionário de milhares de folhas por uma forma mais escorreita e de consulta muito simples.

 

A 3ª edição cresceu de cerca dos 4000 termos no passado para mais do triplo, quase 12400, e passou de 12 idiomas para 18, acrescendo-se-lhe o checo, eslovaco, esloveno, romeno, turco e, claro, também o português.

 

Quando se pede a tradução de um termo, ele é apresentado em todos os contextos com que foi traduzido a partir duma lista-mãe (base do trabalho original), em inglês, e a escolha torna-se assim, seguramente, bem mais criteriosa.

 

Foi em finais de Janeiro de 2007 que os representantes portugueses da OE à reunião da REHVA em Moscovo trouxeram notícia do compromisso assumido de que se iria tentar fazer a versão portuguesa de um dicionário técnico, tendo-se compreendido de imediato que esta era a hora de não falhar.

 

Percebida a dimensão, tarefa hercúlea, tudo apontava para que só pudesse ser mesmo realizada pelos técnicos do Sector.

 

 

Estabelecido acordo com o Departamento Técnico da APIRAC, este estruturou uma sensibilização-convite, publicitada pelos meios de comunicação disponíveis, dirigidos com precisão a todos os técnicos nacionais de AVAC&R que poderiam dar resposta, e esta foi notável: os dois primeiros terços do Dicionário Inglês-Português da REHVA, cerca de 8000 termos, ficaram de imediato garantidos. O terço que faltava foi depois completado pela equipe responsável.

 

Em final de Novembro passado, em Paris, entregou-se a versão portuguesa completa, após 10 meses de intenso labor, e verificou-se, na altura, ter sido Portugal o único país que acabou praticamente a 100% a lista original inglesa. Apenas a Turquia se aproximara, e, dos restantes, o terceiro melhor trabalho rondava apenas os 70% concluídos…     

 

Escusado será reforçar a importância desta ferramenta de trabalho para os técnicos de língua portuguesa dos sectores do AVAC&R. Como todos sabemos, era algo que fazia falta mas que agora existe. No entanto, não é trabalho encerrado, certamente necessitará de melhorias e está em processo de actualização contínua.

 

Agradecemos o envio de todas as sugestões ou para a Especialização de Climatização na OE, que as encaminhará para os responsáveis pelo trabalho, ou directamente para o secretariado técnico da APIRAC (tecnico@apirac.pt).

 

Para todos aqueles que sabem quanto valeu o seu precioso, benévolo, voluntarioso e precioso contributo para que o Dicionário multilingue de AVAC&R da REHVA pudesse incluir a versão portuguesa, mais uma vez se agradece o excelente trabalho desenvolvido, que a todos muito honra. Esperamos que seja, de facto, um útil instrumento de trabalho para todos os profissionais do sector do AVAC e da Refrigeração.

 

L. Fonseca e Silva

Secretário-Técnico da APIRAC


Notícias

 

TÉCNICO EUROPEU DE GESTÃO DE ENERGIA

Novo Perfil Profissional

 

Realiza-se em Lisboa a 3, 4 e 5 de Abril a reunião do Projecto Europeu EMTEU – Energy Management Technician in Europe que irá definir um perfil curricular de formação para um Técnico Europeu de Gestão de Energia, do Nível 4, mais vocacionado para a vertente dos edifícios, dada a expressão que o consumo de energia tem vindo a assumir de acordo com a directiva do Concelho e do Parlamento Europeu.

 

Portugal participa através da Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado (APIRAC) e da Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Algarve, juntamente com 20 Instituições Europeias de 8 países. As reuniões de trabalho, vão realizar-se na APIEF (Centro de Formação Profissional para a Indústria Térmica, Energia e Ambiente).

 

Mais esclarecimentos sobre este projecto podem ser obtidos junto da APIRAC (Professor Armando Inverno – 213 224 260 | apirac@apirac.pt).

 


 

EDP

Luz em Portugal é mais cara que no resto da Europa

 

Os portugueses pagam, em média, mais 53,31 euros nas facturas de electricidade do que a comunidade europeia. Esse valor representa um lucro extraordinário que a EDP amealhou.

 

O presidente da Autoridade da Concorrência, Abel Mateus, afirma que a diferença dos valores portugueses é de 21% em relação aos europeus. As mais notórias foram em relação à Grécia (114%) e Finlândia (61%).

 

Por vários factores, a produção de energia eléctrica em Portugal é mais onerosa, como o facto de termos subsídios pela produção em regime especial ou ainda pelo parque electroprodutor português não ter nuclear. Estas condições reflectem-se mensalmente na factura de cada um. Embora não haja referência de que esses valores estejam incluídos nos cálculos. 

 


ENERGIAS RENOVÁVEIS

Distrito de Bragança produz mais energia

 

O distrito de Bragança é o que regista maior produção de energia eléctrica a partir das fontes de energia renovável (FER), com 1000 MW. Os dados foram avançados pela Direcção-Geral de Energia Geologia referentes a Dezembro de 2007.

 

Os distritos que se seguem na lista de maiores produtores de FER são Viana do Castelo com 830 MW, Viseu com 766 MW, Coimbra com 731 MW, Vila Real com 628 MW e Braga com 614 MW.

 


ENERGIAS RENOVÁVEIS

Portugal poderá tornar-se exportador de tecnologias de energia

 

Portugal pode vir a tornar-se exportador de tecnologias para aproveitamento de novas energias e para gestão de recursos energéticos, nos próximos 10 anos.

A garantia foi dada pelo ministro da Ciência e da Tecnologia, Mariano Gago, após a assinatura dos acordos entre o Estado Português, empresas nacionais e o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), onde destacou a importância do protocolo estabelecido para investigação na área da energia.

 


Associados

Novos Associados

 

É com muito agrado e satisfação que a APIRAC recebe os seus novos Associados. Só desta forma podemos crescer, evoluir e cada vez mais contribuir para a afirmação deste Sector. Este mês temos o prazer de receber no nosso directório as seguintes empresas:

 

• ÁLVARO Electrodomésticos, Lda

COLDFAT, Equipamentos Hoteleiros, Unipessoal, Lda

• FRIO 90, Lda

• J. A. RAMOS, Lda

• LAR TÉRMICO, Soluções Climatização, Lda

• MDM Manuel Domingos Melancia, Lda

POLARCLIMA, Comérc. Inst. de Ar Condic., Aquecimento Central e Redes de Gás, Lda

• TECNIPORTUGAL, Assistência e Montagem de Equip. para a Indústria Alimentar, Lda

 


Destaques

 

ASSEMBLEIA-GERAL

Eleições para o triénio de 2008-2010

 

Realiza-se no passado dia 31 de Março de 2008 a Assembleia-Geral da APIRAC, apresentado assim o exercício findo de 2007, com as diversas actividades concretizadas nos departamentos que constituem a Associação.

 

Esta Assembleia-Geral foi especial por coincidir com a eleição dos corpos sociais para o triénio de 2008-2010. Foi eleito por unanimidade a lista A, constituída por:

 
MESA DA ASSEMBLEIA-GERAL

Presidente

INSTEC – Estudos e Projectos de Instalações Técnicas, Lda.
Representado por Engº. Celestino Augusto Viegas Rodrigues.

Vice-Presidente

TELEFRIO – Climatização e Ventilação, Lda.
Representado por José Eduardo das Neves Picolo.

Primeiro-Secretário

GASPAR CORREIA – Instalações Técnicas Especiais, S.A.
Representado por António Ernesto Simões Correia.

Segundo-Secretário

DOMOSERVE – Gestão Técnica de Edifícios, Lda.
Representado por Engº. João Miguel Lopes de Brito Saraiva Barreto.


DIRECÇÃO

Presidente

FB – Fernando Brito – Consultores de Engenharia, Lda.
Representado por Engº. Fernando Quirino Calado de Brito.

Vice-Presidente

LMSA – Engenharia de Edifícios, S.A.
Representado por Engº. Luis Carlos Correia Malheiro da Silva.

Vogal

TRADIVAGA – Importação, Exportação, Lda.
Representado por Engº Eduardo Jorge Alves Fernandes Francisco.

Vogal

SANDOMETAL – Metalomecânica e Ar Condicionado, S.A.
Representado por António Nunes Beirão.

Vogal

ALFA CLIMA – Sociedade de Instalações de Ar Condicionado, LDA.
Representado por Engª. Isabel Maria Cardanho Pelicano.

Vogal

ENVIPRIME - Consultoria e Estudos Técnicos de Ambiente e Segurança, SA
Representado por Engº. João Valente

Vogal

DAIKIN AIRCONDITIONING PORTUGAL, S.A.
Representado pelo Sr. Hisaya Matsuzaki.

CONSELHO FISCAL

NÓNIO HIROSS – Representação e Instalação de Equipamentos Especiais, Lda.
Representado por Engº. Carlos Jorge Taborda Barata.

ISOLMOBEL – Projecto e Tecnologia de Interiores, Lda.

Representado por Engº Jorge Silva.
EFCIS – Comércio Internacional, S.A.

Representado por Engº. Amílcar Lopes Pereira.

DELEGADO DE FISCALIZAÇÃO: Engº. Fernando Quirino Calado de Brito.

 


Formação Profissional

 

 

Documentação necessária a apresentar na Inscrição:

 

• Bilhete de Identidade;

• Nº de Contribuinte;

• Curriculum Profissional;

• Declaração das empresas comprovativa dos anos de actividade e eventuais certificados/diplomas de habilitações

 

Lisboa: Isabel Fonseca

Tel:  21 322 42 60

Telm: 96 494 29 31

Fax: 21 347 45 76

formacao@apirac.pt
formacao@apief.pt

Porto: Dra. Patrícia Maia

Tel:  22 208 88 37

Telm: 96 494 29 32

Fax: 22 208 48 79

apirac.porto@apirac.pt

formacao.porto@apief.pt

Guimarães: Dra. Maria José

Tel:  253 554 288

Telm: 96 744 68 60

Fax: 253 554 135

apirac.guimaraes@apirac.pt

formacao.guimaraes@apief.pt


Tecnologia


Trigeração

 

A actualidade de conceitos como eficiência energética, utilização racional de energia e tecnologias ambientais levam-nos, cada vez mais, a procurar outras formas de produzir energia.

 

Designa-se por trigeração a produção descentralizada e simultânea de calor, frio e electricidade, fornecendo a todos os edifícios ligados a essa rede, água arrefecida utilizada nos sistemas de ar condicionado e água aquecida utilizada para aquecimento ambiente e aquecimento de águas sanitárias, não necessitando de ir buscar electricidade à rede nacional.

 

Relativamente a um sistema convencional de climatização, a rede urbana de distribuição de frio e calor contribui para a melhoria da produtividade energética do país e para a preservação do ambiente, através da limitação da emissão de poluentes.

 

Eliminam-se também as tradicionais e esteticamente poluentes unidades exteriores de ar condicionado, bem como caldeiras, esquentadores e outros equipamentos de produção de energia térmica.

 

Estima-se que a redução das emissões de CO2, principal responsável pelo aquecimento global, por efeito de estufa, atinja os 40% e a diminuição das emissões de NOx atinja os 85%. Por seu lado, as emissões de SO2 são praticamente eliminadas.

 

Com a aplicação desta tecnologia, consegue-se uma redução do consumo de energia primária de 15.000 tep/ano, a preservação da arquitectura (eliminação de equipamentos nas fachadas e coberturas dos edifícios), maior segurança (eliminação dos aparelhos de queima, menores riscos de legionella) e não se utilizam substâncias que empobrecem a camada de ozono (CFC e HCFC).

 

Se quiser saber mais sobre o assunto, sugerimos-lhe um site, em português e de fácil leitura.

 

 

Pode entrar por aqui, Boa viagem!


Tome nota / Agenda


Datas para pagamento de impostos durante este mês

Não Esquecer

 

10 Abr

IVA

Declaração periódica mensal referente ao mês de Fevereiro/07

15 Abr

Pessoal

Mapa de férias /data para afixação no local de trabalho)

15 Abr

IRS

Data limite de entrega da Declaração Modelo 3 via internet, relativamente aos rendimentos auferidos em 2007, pelos sujeitos passivos que tenham exclusivamente auferido rendimentos das Categorias A (trabalho dependente) e H (pensões). Se tiverem auferido rendimentos destas categorias provenientes do estrangeiro, terão de preencher o anexo J; se tiverem Benefícios Fiscais terão de preencher, em conjunto com a declaração, o anexo A

15 Abr

Segurança Social

Contribuições relativas ao mês de Março/08

16 Abr

IRS

 

Data de início de entrega da Declaração Modelo 3 via internet, relativamente aos rendimentos auferidos em 2007, pelos sujeitos passivos com rendimentos que não exclusivamente das Categoria A (trabalho dependente) e H (pensões)

21 Abr

IRS/IRC

Retenções efectuadas em Março/06

21 Abr

Imposto do Selo

Imposto Selo relativo ao mês de Março/08

30 Abr

IMI

Fim do prazo de pagamento da primeira prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis desde que o seu montante seja superior a 250,00 €. Caso o montante seja igual ou inferior ao valor mencionado, o pagamento do imposto, será efectuado de uma só vez, no prazo supra mencionado

30 Abr

IUC

Data limite do pagamento do Imposto Único de Circulação - IUC, relativo a veículos á data do aniversário da matricula que ocorra no presente mês (substitui os anteriores Imposto Municipal sobre Veículos e os impostos de circulação e camionagem). As pessoas singulares poderão solicitar a liquidação em qualquer Serviço de Finanças

30 Abr

IRS

Data limite de entrega da Declaração Modelo 3, somente para declarações entregues via papel com anexos, relativamente aos rendimentos auferidos em 2007, pelos sujeitos passivos com rendimentos que não exclusivamente das Categoria A (trabalho dependente) e H (pensões)


Legislação

Ambiente - gestão de resíduos de construção

DL n.º 46/2008, de 12.3 -  Aprova o regime da gestão de resíduos de construção e demolição.

 

Ambiente - transferência de resíduos

DL n.º 45/2008, de 11.3 - Assegura a execução e garante o cumprimento, na ordem jurídica interna, das obrigações decorrentes para o Estado Português do Regulamento (CE) n.º 1013/2006, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 14 de Junho, relativo à transferência de resíduos, e revoga o DL n.º 296/954, de 17 de Novembro.

 

Discriminação em função do sexo

Lei n.º 14/2008 (1), de 12.3 - Proíbe e sanciona a discriminação em função do sexo no acesso a bens e serviços e seu fornecimento, transpondo para a ordem jurídica interna a Directiva n.º 2004/113/CE, do Conselho, de 13.12.

 

Inspecções e reinspecções a automóveis

Port. n.º 228/2008, de 6.3 - Fixa as tarifas devidas pela realização das inspecções periódicas e das reinspecções de veículos automóveis, reboques e semi-reboques, bem como pela realização das inspecções extraordinárias e das inspecções para atribuição de nova matrícula, e ainda pela emissão da segunda via da ficha de inspecção.

Lista de credores da administração central do Estado

Port. n.º 238-A/2008, de 14.3 - (1º supl.) Regulamenta a Lei n.º 67-B/2007, de 31 de Dezembro, que consagra a obrigatoriedade de publicação anual de uma lista de credores da administração central do Estado.


Certames / Eventos

SHANGHAI REFRIGERATION EXHIBITION 2008

9 a 11 DE Abril

Shanghai New Internation Expo. Centre

 

A 19ª Exposição Internacional de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação, será realizada entre 9 a 11 de Abril em Shanghai. A 1ª foi no ano de 1987, já lá vão 20 anos.

 

Este Certame apresenta as últimas tecnologias do Sector e aproveita também para lançar novos produtos. É uma grande oportunidade para os empresários e profissionais da área, trocarem ideias, conceitos e experiências e criar novas oportunidades de mercado.

 

Contactos:

Telemóvel: +86 13902597970 - Mr Johnson Pan
E-mail:
ijohnson@tcl.com

Site: http://aircon.tcl.com

   

FECHAR CICLOS E ABRIR HORIZONTES

11 e 12 de Abril

IADE, Lisboa

 

O projecto ToKforCEIFIADE, patrocinado pelo Programa Europeu para a Mobilidade da Investigação (Marie-Curie), e coordenado pela CEIFA, está na sua fase final. A Conferência “Fechar Ciclos e Abrir Horizontes” visa mostrar como um projecto de investigação, que inicialmente se debruçou sobre os problemas ambientais resultantes do paradigma de crescimento baseado em ciclos abertos, evoluiu para um “incubador de novas ideias e novos projectos” que pretendem abrir horizontes para um desenvolvimento sustentável em Portugal.

   

Contactos:
Programa

Site: http://www.ceifa-ambiente.net/

 
   
   

Publicidade

Associação Portuguesa da Indústria de Refrigeração e Ar Condicionado

 

Congresso Mediterrânico de Climatização

 

Revista Grau Celsius

 

Directório APIRAC

 

Publicidade


 

Parcerias

 

Direcção Geral de

Energia e Geologia

 

Agência Portuguesa

para o  Ambiente

 

Agência para a Energia

 

Instituto para a Qualidade na Formação

 

Programa REDE

 

Instituto Português da Qualidade

 

Universidade do Algarve

 

Associação Portuguesa dos Engenheiros de Frio Industrial e Ar Condicionado

 

Associação Portuguesa dos Industriais de Engenharia Energética

 

Instituto da Construção e do Imobiliário