Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório Fórum Destaques  
Arquivo 2005
 
  CREDENCIAÇÃO TÉCNICA - Início em Setembro  


Com a publicação dos Decretos-lei n. 78, 79 e 80 em 4 de Abril de 2006, que estabelecem, respectivamente, o Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios, o Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização em Edifícios (RSECE) e o Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios (RCCTE), surgiram novas exigências de qualificação dos técnicos do nosso Sector.

A APIRAC participou nos trabalhos desde o seu início, integrando a subcomissão que preparou os diplomas e estando representada no grupo que ministrou formação ao primeiro conjunto de formadores de peritos do País. Internamente, preparou, concebeu e implementará, muito brevemente, formação que possibilitará a qualificação obrigatória dos técnicos.

Assim, no início do próximo mês de Setembro arrancará o “Curso Complementar em Qualidade do Ar Interior”, que se destina a técnicos intermédios, com experiência profissional comprovada, cuja frequência com aproveitamento conferirá o direito de intervir como “Técnico de QAI”, bem como o “Curso de Especialização em QAI”, este obrigatório para todos os candidatos a credenciação nível III, e também para os "Técnico Responsável pelo Funcionamento".

 Brevemente, iniciaremos os cursos para Peritos RSECE Energia e RSECE QAI, conforme candidatura já apresentada à Agência para a Energia (ADENE).

Quanto ao exame obrigatório para Técnico de Intervenção e Manutenção (TIM) II e III, bem como aos cursos de apoio à respectiva preparação, a APIRAC terá reunidas, a breve trecho, as condições necessárias, e voltará ao V/ contacto, também a este respeito.

Como sempre, os Associados da APIRAC beneficiarão de tratamento preferencial, quer na admissão das candidaturas quer no valor das propinas a aplicar, já que estas serão comparticipadas pela Associação.

A formação decorrerá, como habitualmente, em Lisboa, Porto, Guimarães, Faro e em quaisquer outros pontos do País, incluindo as Regiões Autónomas, onde se verifique a sua necessidade e seja possível implementar as condições pedagógicas e logísticas necessárias.

Não deixe de estar atento às próximas notícias sobre este tema e junte-se ao grupo da frente na qualificação agora exigida.

Lúcia Maria

Dep. Formação APIRAC