Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório Fórum Destaques  
Arquivo 2005
 
 
AMARELEJA - Começou a funcionar

 


A maior central fotovoltaica do mundo começou este mês a produzir energia de forma parcial para a rede eléctrica nacional e encontra-se ainda em construção, no concelho de Moura (Beja). Está previsto começar a funcionar em pleno até final deste ano.

Numa primeira fase a Central Solar Fotovoltaica de Amareleja, com uma capacidade instalada de 46.41 MW, vai produzir energia com os primeiros 2.5 MW já instalados. Esta central é propriedade de uma empresa espanhola tendo sido investidos 237,6 milhões de euros para produzir energia “limpa” para a rede eléctrica nacional durante 25 anos e está ser construída num terreno de 250 hectares em Amareleja, considerada a “terra mais quente de Portugal”, devido aos recordes de temperatura máxima de Verão. Com 2520 seguidores solares azimutais, equipados com 104 painéis solares cada um, a central será a maior do mundo, em potência total instalada e capacidade de produção. Os seguidores solares azimutais são dispositivos mecânicos que orientam os painéis solares a seguir perpendiculares ao sol, desde a alvorada até ao poente.