Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório Fórum Destaques  
Arquivo 2006
Arquivo 2005
 
 

OUTROS RESÍDUOS

 

 

Reciclagem aumentou 7% em 2008

Relativamente a 2007, no ano passado a taxa de reciclagem de resíduos de embalagens de papel/cartão, plástico, vidro, madeira e metal aumentou 7%.

De 940 090 toneladas destes resíduos reciclados em 2007, o total subiu para 1 008 754 toneladas em 2008.

De acordo com o mais recente relatório da Interfileiras, o segmento que registou um maior aumento na reciclagem foi o do plástico: mais 39% do que em 2007, ou seja, 74 057 toneladas, contra as 53 232 toneladas recicladas em 2007.

No que diz respeito aos resíduos de embalagens de madeira, a variação percentual atingiu os 4%, de 73 500 para 76 800 toneladas. No segmento do metal, o aumento foi de 1%, de 70 300 para 71 200 toneladas.

Em relação às taxas absolutas de reciclagem, ou seja, tendo em conta as quantidades colocadas no mercado e as que foram encaminhadas para reciclagem, o papel/cartão lidera a tabela, com 78% dos resíduos de embalagem valorizados. Seguem-se o metal, com 65%, o vidro, com 52%, o plástico, com 19%, e a madeira, com 11%. Assim sendo, a taxa nacional de reciclagem de resíduos de embalagem atingiu os 43% em 2008.