Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório Fórum Destaques  
Arquivo 2008
Arquivo 2007
Arquivo 2006
Arquivo 2005
 
 

PPEC GERA POUPANÇAS DE 74 MILHÕES DE EUROS

 

 

O Plano de Promoção da Eficiência no Consumo da Energia Eléctrica (PPEC), promovido pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), permitiu obter benefícios no valor de 74 milhões de euros e evitar a emissão de 285 mil toneladas de CO2. Os resultados do programa foram apresentados esta sexta-feira no seminário “Avaliação de Resultados e Perspectivas Futuras”, organizado pela ERSE.

Os 74 milhões de euros de benefícios representam o dobro dos 38 milhões inicialmente esperados e são sete vezes superiores aos 10 milhões de euros investidos na implementação das 26 medidas do PPEC: 10 tangíveis e 16 intangíveis, que foram aplicadas nos anos de 2007, 2008 e 2009.

De acordo com a ERSE, «a totalidade destas medidas permite evitar, até 2023, o consumo de 770 GWh de energia eléctrica, o que corresponde ao consumo anual de 257 mil famílias (a população de uma cidade como Leiria), e a emissão de 285 mil toneladas de CO2, o equivalente às emitidas por cerca de 127 mil automóveis em circulação durante um ano».

Só através do GERE, iniciativa incluída no PPEC que financia a fundo perdido a aquisição de equipamentos eficientes, a poupança no consumo energético ronda os 11 Gwh/ano. Os 220 equipamentos financiados, em 90 empresas do sector industrial e agrícola, permitiram ainda uma redução de 877 mil euros na factura energética.

Em 2011, o programa GERE vai centrar-se na iluminação pública eficiente, tanto em edifícios históricos como em aldeias rurais. De acordo com a ADENE - Agência para a Energia, entidade responsável pelo GERE, a implementação destas medidas, orçadas em 814 mil euros, permitirão uma poupança de 27,7 GWh por ano. Em termos de factura, a redução no consumo representará 2,2 milhões de euros poupados, anualmente.

Fonte: Ambiente On-line