Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório Fórum Destaques  
Arquivo 2009
Arquivo 2008
Arquivo 2007
Arquivo 2006
Arquivo 2005
 
 

EM PORTUGAL MORRE POR DIA UMA PESSOA VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRABALHO OU DOENÇA PROFISSIONAL

 

 

Estimativas da Organização Internacional do Trabalho indicam que, a nível mundial, mais de dois milhões de mortes estão relacionadas com o trabalho.

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) avançou esta segunda-feira que, em Portugal, se estima que morre diariamente uma pessoa devido a acidente de trabalho ou doença profissional.

Ainda de acordo com a ACT, há a registar igualmente a ocorrência de “incapacidades temporárias ou permanentes, com pesados custos económicos e sociais para as pessoas e a sociedade em geral”.

A nível mundial, acrescentou a ACT, as estimativas da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam para “mais de dois milhões de mortes relacionadas com o trabalho”. E, sublinhou, as doenças profissionais “continuam a ser, a nível mundial, a causa principal das mortes relacionadas com o trabalho”.

A prevenção das doenças profissionais é, precisamente, o tema deste ano do Dia Mundial das Vítimas do Trabalho, que se assinala a 28 de Abril. Em Portugal, instituiu-se paralelamente, na mesma data o Dia Nacional de Prevenção e Segurança no Trabalho, cujas comemorações arrancam em Évora, na próxima quarta-feira.

“É uma forma de homenagear as vítimas de acidentes de trabalho e de doenças profissionais”, realçou à Lusa Ana Isabel Machado, directora do Centro Local do Alentejo Central da ACT.

Segundo a responsável, a importância de alertar para a prevenção das doenças profissionais está plasmada nos dados disponíveis do Departamento de Protecção Contra Riscos Profissionais. “No conjunto de quatro anos, de 2005 a 2008, tivemos cerca de 14 mil casos de doenças profissionais certificadas, com relevância para as provocadas por agentes físicos e as do aparelho respiratório”, disse Ana Isabel Machado.

Antes da sessão de lançamento das comemorações, agendada para as 14h, no auditório da Universidade de Évora, o Centro Local do Alentejo Central da ACT promove, durante a manhã, uma sensibilização na Escola EBI/JI da Malagueira, na cidade alentejana. “É uma acção junto de uma turma do 9.º ano, para informar, sensibilizar e envolver os jovens e os docentes na temática da segurança e saúde no trabalho”, explicou.

Até ao final do mês, a ACT vai promover junto de escolas, empresas, parceiros sociais e autarquias outras iniciativas semelhantes dedicadas à prevenção das doenças profissionais.

Também na quarta-feira, é inaugurada no Museu de Évora uma exposição de fotografia sobre esta temática da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho, que vai ficar patente até 29 de Abril.

O lançamento das comemorações na cidade alentejana deverá contar com as presenças do secretário de Estado do Emprego, Pedro Roque, e do inspector-Geral da ACT, Pedro Pimenta Braz.

Fonte: Público