Apirac Serviços Notícias Associado Newsletter Directório ONS APIRAC Destaques  
 
 

 

ONS APIRAC

A sua atividade, a estrutura e o funcionamento das CTs

 

 

Mensagem
de Boas-Vindas
 
Se acabou de entrar através da web-page da APIRAC na área do Organismo de Normalização Setorial (ONS), há duas possibilidades:

- ou V. entrou deliberadamente porque sabe o que é a atividade normativa e gostaria de ficar mais por dentro do que aqui se faz e ver se há possibilidade de vir a fazer parte do grupo de técnicos que trabalham as normas para o setor.

- ou V. enganou-se, não queria nada disto mas, já que entrou, agora quer ver como é.

Seja qual for a situação, V. é bem-vindo! Ficamos gratos pelo seu interesse em:

  • visitar esta parte da web-page da associação.
  • efetuar uma visita completa, garantindo que V. ficará na posse de elementos que lhe permitirão tomar a decisão de aderir a um dos nossos grupos de trabalho.

Se tal vier a concretizar-se, V. acabará por verificar que estará a contribuir para que o nosso país disponha de, pelo menos, mais um técnico conhecedor e mais competente. Estamos certos de que, V. sairá enriquecido, nos conhecimentos técnicos que alargará e que lhe serão úteis na sua área de trabalho. Desta forma, passará a integrar um leque alargado de colegas de valências diversas a quem poderá, sempre recorrer, em ambiente de solidário, quando lhe surgirem novos ou inesperados desafios na sua profissão. Terá sempre com quem dialogar sobre o assunto.

Está interessado? Então passe aos pontos seguintes.

     
     
Apresentação
do ONS-APIRAC
 

No quadro do SPQ [Sistema Português da Qualidade], desde 2006 que a APIRAC se assumiu como o Organismo de Normalização Sectorial (ONS) em Portugal para os domínios do Frio e Ar Condicionado, com o reconhecimento formal do Organismo Nacional de Normalização ONN-IPQ – Instituto Português da Qualidade.

Perante este estatuto, passou a competir-lhe em exclusividade o tratamento das questões relacionadas com a normalização, em termos da produção de documentos normativos para o sector, bem como, o acompanhamento das atividades normativas desenvolvidas a nível europeu e internacional, nas respetivas instâncias [CEN, CENELEC, IEC e ISO].

Para o cumprimento destes objetivos, além duma estrutura interna com funções técnicas e de secretariado, houve que reunir um conjunto de técnicos nacionais das áreas específicas que constituem hoje os domínios do AVAC&R, mas também de alguns aspetos complementares interligados como frio industrial, comercial, profissional e doméstico, transportes frigoríficos, climatização, gestão técnica de instalações em edifícios, qualidade do ar interior.

A atividade normativa – em conformidade com os preceitos europeus de funcionamento – desenvolve-se hoje também em Portugal com carácter benévolo e gratuito e vive fundamentalmente da dedicação e do entusiasmo daqueles que pretendem ver o seu setor profissional evoluir no sentido da modernidade, da disciplina e da melhoria da qualidade técnica, quer dos seus produtos e serviços, quer da competência do seu pessoal.

     
   
   

 

Como se desenvolve
a atividade normativa
 
A atividade normativa desenvolvida no ONS-APIRAC radica no trabalho desenvolvido por algo mais que 40 peritos que que dão corpo às duas Comissões Técnicas de Normalização CT 56, “Frio – Instalações e aplicações frigoríficas” e CT 185 AVAC – “Aplicações, sistemas e gestão de instalações em edifícios”.
     
   
     
ORGANOGRAMA    
   
     
Cada CT integra 4 Subcomissões, a saber:  

A CT 56 Frio

Subcomissão 1 – Frio Industrial (e Profissional)
Subcomissão 2 – Frio Doméstico
Subcomissão 3 – Frio Comercial
Subcomissão 4 – Transportes Frigoríficos

A CT 185 AVAC

Subcomissão 1 – Aquecimento e Ar Condicionado
Subcomissão 2 – Ventilação
Subcomissão 3 – Gestão térmica
Subcomissão 4 – QAI – Qualidade do ambiente interior

     
   

Globalmente, a atividades destas CTs corresponde às desenvolvidas nos seguintes Comités Técnicos do CEN (Comité Europeu de Normalização) e da ISO (International Standard Organization):

 

CT 56  
CEN/TC 44
  Commercial and Professional Refrigerating Appliances and Systems, Performance and Energy Consumption
     
CEN/TC 182
  Refrigerating systems, safety and environmental requirements
     
ISO/TC 86
  Refrigeration and air-conditioning
   
ISO/TC 86/SC 1
  Safety and environmental requirements for refrigerating systems
   
ISO/TC 86/SC 4
  Testing and rating of refrigerant compressors
   
ISO/TC 86/SC 7
  Testing and rating of commercial refrigerated display cabinets

   
ISO/TC 86/SC 8
  Refrigerants and refrigeration lubricants
   
IEC/TC 59
  Performance of household and similar electrical appliances
   
IEC/TC 61
  Safety of household and similar electrical appliances
   
ATP
  Acordo relativo aos Transportes Internacionais de Produtos Perecíveis e a Equipamentos Especializados a utilizar nesse transporte

     
   
     
CT185  
CEN/TC 107

  Prefabricated district heating and cooling pipe systems
   
CEN/TC 110
  Heat exchangers
   
CEN/TC 113
  Heat pumps and air conditioning units
   
CEN/TC 156
  Ventilation for buildings
   
CEN/TC 195
  Air filters for general air cleaning
   
CEN/TC 197
  Pumps
   
CEN/TC 247
  Building automation, controls, building management
   
CEN/TC 371
  Project Committee - Energy Performance of Buildings
   
ISO/TC 142
  Cleaning equipment for air and other gases
   
ISO/TC 163
  Thermal performance energy use in built environment
   
ISO/TC 205
  Building environment design
     
   

 

   
FAQs - Perguntas e respostas sobre ONS, Norma, CT's, etc.  

O que é uma norma?
Uma norma é um documento estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido, que fornece regras, linhas diretrizes ou caraterísticas, para atividades ou seus resultados, garantindo um nível de ordem ótimo num dado contexto.

O que são Comissões Técnicas de Normalização (CT's)?
As CT’s são grupos de peritos de uma determinada área temática ou de várias áreas com zonas inter-relacionadas, que sob coordenação de uma entidade formalmente reconhecida, têm como missão a elaboração de documentos normativos portugueses.

Onde consultar a lista das CT's existentes em Portugal?
A lista das Comissões Técnicas de Normalização existentes em Portugal está disponível no sítio Web do IPQ, podendo pesquisar-se através do menu superior Normalização/ Comissões Técnicas de Normalização.

Onde pesquisar normas portuguesas e europeias?
No Catálogo Eletrónico de normas portuguesas, disponível no sítio web do Instituto, no menu lateral direito "@Serviços/ Catálogo IPQ de normas"; poderá aí efetuar pesquisa de normas portuguesas e de normas europeias adotadas, utilizando como critério de busca uma palavra do título, número da norma, comissão técnica ou combinando vários critérios.

Onde pesquisar outras normas?
No sítio web do IPQ há ligações para outros Organismos de Normalização, bem como ligações ao sítio web da ISO, do CEN, do CENELEC, ETSI ou IEC, onde poderá pesquisar normas no seu catálogo eletrónico.

Como posso saber se uma norma está em vigor?
Para pesquisar se uma norma está em vigor, fazer a pesquisa no Catálogo online disponível no sítio web do IPQ. Deverá ter-se o cuidado de garantir que no campo "Situação" está marcada a opção "Em vigor".

Como posso saber se uma norma está anulada?
Para pesquisar se uma norma está anulada, faça a pesquisa no Catálogo online disponível no sítio web do IPQ. Deverá ter o cuidado de garantir que no campo "Situação" está marcada a opção "Anuladas".

Como fazer parte de uma Comissão Técnica de Normalização da ONS-APIRAC?
Poderá fazer parte da Comissão Técnica de Normalização qualquer profissional do sector, bastando-lhe manifestar pessoalmente essa intenção junto do Secretariado do ONS. Após análise interna a nível da Comissão e confirmação da adequabilidade e do perfil profissional do interessado, este será colocado, logo que possível, numa vaga disponível.

     
   
     

Trabalhos previstos ou em curso nas CTs do ONS-APIRAC

 

Âmbito da CT 56

Guia Técnico - Identificação tubagens de fluidos em instalações frigoríficas
NP EN 378-1:2008+A2:2013 (Rev.)
NP EN 378-2:2008+A2:2014 (Rev.)
NP EN 378-3:2008+A1:2012 (Rev.)
NP EN 378-4:2008+A1:2014 (Rev.)


Âmbito da CT 185

Guia Técnico “Guia para o processo de comissionamento de instalações e sistemas de AVAC”

(Rev.) NP EN 14511:2013 Aparelhos de ar condicionado, arrefecedores de líquidos e sistemas de bomba de calor com compressor acionado por motor elétrico para aquecimento e arrefecimento

Parte 1: Terminologia, definições e classificação
Parte 2: Condições de ensaio
Parte 4: Requisitos de funcionamento, marcação e instruções

     
   
     
Documentos normativos produzidos e atualmente em vigor  

Guia Técnico “Deteção de fugas de fluido em sistemas frigoríficos e bombas de calor”

NP EN 14624:2012 Desempenho de detetores portáteis e fixos de fluidos frigorigéneos halogenados

NP EN 378-1+A2 Requisitos de segurança e proteção ambiental.
Parte 1: Requisitos básicos, definições, classificação e critérios de escolha.

NP EN 378-2+A2 Requisitos de segurança e proteção ambiental.
Parte 2: Projeto, construção, ensaios, marcação e documentação.

NP EN 378-3+A1 Requisitos de segurança e proteção ambiental.
Parte 3: Montagem no local e proteção de pessoas.

NP EN 378-4+A1 Requisitos de segurança e proteção ambiental.
Parte 4: Funcionamento, manutenção, reparações e recuperação de fluidos.

NP EN 1861 Diagramas esquemáticos de sistemas, tubagens e aparelhos. Configuração e símbolos.

NP EN 12263 Diapositivos interruptores de segurança para limitação da pressão. Requisitos e ensaios.

NP EN 12178 Sistemas frigoríficos e bombas de calor. Dispositivos indicadores de nível de líquido. Requisitos, ensaios e marcação.

NP EN 12284 Sistemas frigoríficos e bombas de calor. Válvulas. Requisitos, ensaios e marcação.

NP EN 14276-2 Sistemas frigoríficos e bombas de calor. Equipamentos sob pressão para sistemas frigoríficos e bombas de calor.
Parte 2: Tubagens. Requisitos gerais.

NP EN 14511-1 Aparelhos de ar condicionado, de arrefecimento de líquidos e bombas de calor, com compressor acionado por motor elétrico, para aquecimento e arrefecimento. Parte 1: Termos e definições.

NP EN 14511-2 Aparelhos de ar condicionado, de arrefecimento de líquidos e bombas de calor, com compressor acionado por motor elétrico, para aquecimento e arrefecimento. Parte 2: Condições de ensaio.

NP EN 14511-3 Aparelhos de ar condicionado, de arrefecimento de líquidos e bombas de calor, com compressor acionado por motor elétrico, para aquecimento e arrefecimento. Parte 3: Métodos de ensaio.

NP EN 14511-4 Aparelhos de ar condicionado, de arrefecimento de líquidos e bombas de calor, com compressor acionado por motor elétrico, para aquecimento e arrefecimento. Parte 4: Requisitos.

     
   
     

Lista de vogais das CTs do ONS-APIRAC

 

CT 56

 

À data do início de 2016 eram vogais das Comissões Técnicas do ONS-APIRAC os seguintes membros em representação das entidades indicadas

     
   
     

Lista de vogais das CTs do ONS-APIRAC

 

CT 185

 
     
   
     
   

Se ficou com alguma dúvida ou pretende mais esclarecimentos, envie-nos um email com as suas questões para:

        tecnico@apirac.pt